Viajando No Mundo dos Contos de Fada

Viajando No Mundo dos Contos de Fada

sábado, 17 de março de 2012

PROJETO POESIA NA ESCOLA DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA

PROJETO POESIA NA ESCOLA DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA
 1. JUSTIFICATIVA
como a poesia sempre esteve presente em nossas vidas, sejam nas cantigas de roda, nas parlendas, nos trava-línguas e nas adivinhas da nossa infância ou nos bilhetinhos, frases de amor nas agendas ou músicas que ouvimos na adolescência. Para muitos de nós a poesia vai-se perdendo com o passar dos anos e alguns culpam a escola por essa perda. Acreditamos, porém, que a escola pode e deve ser um lugar onde a aproximação com a poesia aconteçam concretamente, permitindo ao aluno, conhecer autores e estilos, reavivando a capacidade de olhar e ver o que é a essência do poético, através de atividades que permitam uma compreensão maior da linguagem poética e lhe dê condições para que ensaie seus próprios passos em poesia. O Projeto Poesia na Escola trabalhará a fala, a leitura e a escrita por meio de poemas e atividades de pesquisas, análises, interpretações, exposição de idéias, composições, reescrita e reestruturação, onde o aluno poderá expor suas emoções através dos recursos tão expressivos da linguagem poética. 2.

OBJETIVO GERAL Aproximação com a linguagem poética, no sentido de familiarizar o aluno com a poesia, para que tenham prazer em ler e ouvir poemas e, sobretudo, para que se sinta motivado a expor suas emoções, dar liberdade de criar, brincar com as palavras, fluir sua imaginação.

 3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS • Despertar o prazer em ler poemas; • Ter maior compreensão da linguagem poética, levando a revelar idéias, opiniões, sentimentos e talentos ao escrever poemas; • Tornar o aluno mais competente na comunicação oral e escrita e na busca independente de conhecimentos relacionando essas práticas à vida cotidiana; • Identificar-se com os sentimentos nas poesias lidas; • Assegurar as funções sociais da escrita, fazendo com que os poemas produzidos pelo aluno tenham um leitor real, pois serão expostos em varais e murais. Alguns poemas serão selecionados para fazerem parte de uma coletânea e participarem do Concurso de Intérpretes; • Valorizar os resultados do trabalho individual e coletivo, celebrando o sucesso alcançado.

 4. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA Os princípios teóricos que norteiam nosso trabalho literário em prosa, na sala de aula, estão pautados na teoria sóciointeracionista da linguagem. A linguagem é analisada a partir da interação entre os indivíduos dentro de uma prática social; a língua não é apenas um amontoado de palavras, nem é individual, mas acontece através da interação verbal, abrangendo todo o conhecimento que o locutor possui do interlocutor (destinatário), na sua responsividade e no diálogo, dentro de um sentido mais amplo, seja na fala (quem fala, fala para alguém e com alguém), na leitura (quem lê, decodifica, compreende, interpreta e apreende algo) e na escrita (o que se escreve responde a alguma coisa, pois confirma, discute ou propõe algo a um grupo social). Nesse contexto nos interessa colocar que poesia será nossa opção de proposta de trabalho com objetivos previamente delineados, com ações planejadas e avaliadas quanto ao processo e produto final, sempre buscando auxiliar a formação dos alunos no processo ensino-aprendizagem, tornando-os leitores e produtores de textos mais proficientes. Nessa proposta, cabe ao professores propiciar a leitura e a escrita do gênero poético, pois é seu o papel de mediador do conhecimento no processo ensino-aprendizagem, através de estratégias e de uma postura educadora, interagindo e propiciando o crescimento intelectual do aluno.

 5. METODOLOGIA A emoção flui em cada ser humano de forma diferente e aproximando essa emoção da linguagem poética, procuraremos fazer com que o aluno se integre e interaja efetivamente ao ambiente escolar. As atividades desenvolvidas no projeto visam relacionar e conhecer poemas diversos, sensibilizar os alunos para uma observação mais apurada dos elementos com as quais as palavras se entrelaçam em uma poesia, oportunizar o acesso à linguagem poética e expressar suas emoções criando seus próprios poemas. Também dará condições ao educando, através da oralidade, leitura e escrita, ampliar sua capacidade comunicativa e sua inserção no espaço em que vive, tornando-o um aluno mais motivado, mais participativo e mais questionador, ampliando suas possibilidades de aprendizagem. O projeto Poesia na Escola será desenvolvido nas seguintes etapas: 1ª Etapa: Apresentar aos alunos vários textos poéticos e ressaltar a importância de conhecer e ser capaz de apreciar e produzir poesias, mostrar credibilidade no potencial e na capacidade de cada um, de forma a trabalharem intensamente, produzindo e aprendendo. Participando das atividades e mostrando que sabem, que são capazes e podem transformar as palavras em arte, levando o leitor a um mundo criado por eles. 2ª Etapa: Avaliação previa, sobre o que conhecem sobre poesia, procurando saber se conhecem alguns poemas, se gostam ou não e por quê. Desafiando-os argumentando, que é preciso conhecer para gostar. Observando se identificam as canções populares como poemas, pedindo-lhes que registrem as letras das músicas que mais gostam no caderno e leiam para a turma, pois este pode ser o ponto de partida para introduzir outros poemas mais elaborados. Indagando como sabem que se trata de poemas. Deixando que expressem suas idéias, procurando observar quais elementos dessa linguagem já são percebidos por eles. 3ª Etapa: Expondo livros de poesia na sala de aula deixando que leiam, mas orientando para observarem o tema, os títulos, as ilustrações, os autores e outros detalhes que acharem interessantes. Pedindo que tragam para a aula seguinte, a poesia que mais gostam registrando no caderno, para declamar ou ler para os colegas. 4ª Etapa: Após declamarem ou lerem as poesias trazidas, indagar a razão da escolha e deixe-os expor suas idéias e opiniões. A seguir, apresentando algumas poesias e propondo que leiam e observem os títulos, os temas, as ilustrações, a estrutura e aproveitando para falar dos autores. Sugerindo que escolham o poema que mais chamou a atenção e explicando a razão da sua escolha. Procurando criar um clima de respeito, onde todos podem e devem expressar seus sentimentos e que serão acolhidos pelo grupo. Estimulando-os e esclarecendo que a poesia atinge sobretudo o emocional do leitor. Até esse momento é fundamental que os alunos comecem ou continuem a gostar de poesia. 5ª Etapa: O professor decidirá quais atividades relacionadas à poesia vai trabalhar. Podendo optar pelo acróstico (tipo de poema (rimado ou não) em que se coloca o nome de alguém é colocado na vertical, sendo que cada letra o início de um verso), pela paráfrase (espécie de texto que retoma a estrutura do original de outro, mas com reflexões ou idéias próprias) ou pela paródia (imitação cômica de uma composição literária). Caso o professor ache interessante podemos trabalhar mais de uma delas. Os poemas e as atividades serão trabalhados da maneira como acharmos conveniente e depois dos trabalhos realizados os alunos poderão expor suas produções no mural da escola ou fazer uma apresentação para outras turmas (no caso da paródia). O objetivo dessas atividades será sensibilizar os alunos para uma observação mais apurada dos elementos com os quais se tece a poesia. 6ª Etapa: Mais uma vez, traremos livros de poesias para a sala e faremos outra aula de leitura, sem compromisso, ler por prazer, por distração, por gostar de poesias. 7ª Etapa: Este é o momento em que os alunos poderão produzir seus próprios poemas, incentivando-os a pensarem em um tema bem interessante, professor poderá sugerir ou pedir sugestões e colocar na lousa: o aniversário de 50 anos da cidade, a família, o sol, o beijo e outros. Estimulado-os a pensar em tudo o que leram e aprenderam e soltar as ideias e os sentimentos. 8ª Etapa: Após escreverem os poemas, os alunos farão a reestruturação das poesias, em grupo, sempre com o auxílio do professor, onde poderão juntos arrumar, completar, alterar passagens, melhorar, ilustrar e reescrever até que cada autor considere que seu poema está pronto. 9ª Etapa: Os poemas revisados e reescritos para a divulgação, os alunos entregarão uma cópia ao professor e colocarão outras no mural da escola para que possam ser apreciadas pelos colegas de outras turmas. Também escolherão as três melhores poesias da turma para que possam competir no Concurso de Poesias com as outras turmas. As melhores poesias serão editadas em uma coletânea e apresentadas no Concurso de Intérpretes. Nos professor, em conjunto com a direção, faremos a edição e em parceria com os alunos a divulgação e a organização do lançamento, o qual deve ser um evento festivo. que contará com a presença de toda a comunidade escolar, dos pais e familiares (sugestão). 10ª Etapa: A publicação dos poemas é um momento importante, mas também é imprescindível fazer uma avaliação com os alunos, retomando todas as etapas do projeto fazendo um balanço dos avanços alcançados durante todo o desenvolvimento da proposta, uma análise de seus progressos e das dificuldades que precisam ser superadas, para continuar progredindo na construção do conhecimento.

 6. CRONOGAMA ATIVIDADES MESES AGO SET OUT NOV Apresentação do projeto aos alunos X Leitura de poesias X Trabalhos relacionados à poesia X Produção de poesias X X Restauração e escolha de poesias para a coletânea X Edição da coletânea e varal de poesias X Concurso de Intérpretes 7. CONSIDERAÇÕES FINAIS No decorrer do desenvolvimento do projeto, todos os alunos participarão das atividades relacionadas, mesmo que poucos tenham suas poesias escolhidas e eternizadas na escola. Com esse incentivo acreditamos que nossos alunos se sentirão mais ligados a esse tipo de expressão escrita apreciando lê-las, interpretá-las e talvez até escrevê-las, sanando assim suas dificuldades e aumentando seus conhecimentos. Produto Sarau de poesias, edição do livro, com a participação dos alunos, professores, pais e familiares. Avaliação Ao final do projeto espera-se que a criança seja capaz de reconhecer características do texto poético, expressar-se e apresentar-se em público, de maneira eficaz e adequada, transmitindo sentimento à poesia escolhida. Observar desempenho da turma em relação a algumas questões. O aluno lê com fluência? Lê alto? Lê com entonação? Posiciona o texto adequadamente (sem cobrir o rosto) ao ler? Controla o ritmo da fala (nem muito rápido nem muito devagar)? Com base nos problemas encontrados, auxilie cada um nos aspectos que devem ser melhorados com a análise de boas referências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário