Viajando No Mundo dos Contos de Fada

Viajando No Mundo dos Contos de Fada

segunda-feira, 19 de março de 2012

ema do projeto: A PAZ

ema do projeto: A PAZ

Descrição do projeto:

Introdução
"O compromisso com a construção da cidadania pede necessariamente uma prática educacional voltada para a compreensão da realidade e dos direitos e responsabilidades em relação à vida pessoal , coletiva e ambiental."*
Este projeto será aplicado com o objetivo de estimular os alunos a debater sobre ações que afetam a convivência entre os seres e o meio em que vivem.
Este debate será conduzido na direção da constatação da necessidade dos seres viverem em harmonia com todos os demais seres, assim como com a natureza ,para a munutenção da vida em nosso planeta.
Será enfatizada a necessidade iminente de promovermos a paz em nosso dia-a-dia , com atitudes e valores conscientes e bem definidos individualmente , para que se instaure em nossa sociedade a harmonia necessária à boa convivência , iniciando com ações efetivas dentro da escola , na nossa família , em nossa rua , em nosso bairro.
"A educação para a paz garantiria a harmonia do homem com a natureza por meio de um desenvolvimento sustentado e a harmonia entre os seres pelo espírito de solidariedade entre os homens e suas nações...A noção de paz positiva surge da compreensão mais ampla e profunda da própria violência. É uma abordagem transformadora que visa rechaçar todas as formas de violência e não apenas a guerra entre nações e violência física entre indivíduos , mas também aquela instaurada na própria estrutura social e inserida na própria política externa das nações.A paz positiva ,além da ausência de guerras , compreende o bem-estar da humanidade como um todo e de cada indivíduo na sua dignidade como ser humano.Este 'estar bem' passa necessariamente pela conquista concreta dos direitos humanos fundamentais:Alimentação , habitação , educação , cultura , lazer , liberdade de expressão , meio ambiente saudável..."*

Objetivos
*Refletir sobre diversos tipos de violência, como:contra crianças, animais, os idosos, a mulher,contra pessoas de opção sexual diferente,contra pessoas de raças diferentes,contra a natureza,contra os direitos do cidadão,contra o bem público,contra o bem particular,...outros descritos
*Refletir sobre os momentos em que é praticada a violência , seus desencadeadores;sobre os locais onde há atos de violência.
*Desenvolver a sensibilidade para a percepção de todas formas de violência que provocam sofrimento no ser humano;
*Ampliar o conceito de paz como oposição a tudo que fere a dignidade humana em sua integridade física , psicológica e social :
*Conhecer as causas históricas e sociais nas mais diversas situações que provocam a violência : desigualdades sociais , preconceitos , cultura autoritária , individualismo , intolerância , destruição do meio ambiente;
*Estimular o cultivo de valores como: democracia , igualdade , liberdade , solidariedade , tolerância , respeito ao meio ambiente e aos bens , públicos e privados.
*debater sobre :o que é a paz;quem pode promover a paz;como me sinto em um ambiente violento;quais fatores são gerados pelos atos violentos em determinadas situações(como campos de futebol, bares, estádios de futebol...);quais contribuições eu dou para que se modifique esta perspectiva;como tenho promovido o entendimento quando me deparo com situações de conflito

Estimular a compreensão de que:
*Há diferentes maneiras de se promover a paz , desde a paz interior , a paz no ambiente em que vivemos(escola , família , bairro) , a paz no planeta...
*Cada cultura , assim como cada diferença deve ser respeitada para manter o equilíbrio em nossa sociedade
*Meus atos influenciam no meio em que vivo
*A paz é uma necessidade de nossa sociedade e do planeta
*Cada um pode disseminar a paz com ações individuais
*A manutenção da vida no planeta depende da paz


Conteúdos
Português:Oxítona , paroxítona e proparoxítona , letra maiúscula , concordância verbal, graus do adjetivo, pontuaçõa , produção de texto;
Teatro:Representação de diferentes situações , expressões faciais , oralização
Música: Diferentes ritmos , melodias e letras
Matemática:Porcentagem , fração , experessões numéricas, medidas , quatro operações , histórias matemáticas
Ciências:O homem e a natureza: O homem e suas relações com o meio , sua interferência e as consequências ; àgua e solo
Geografia: Vegetação do Rio Grande do Sul, bacias hidrográficas do Sul , fronteiras do Rio Grande do Sul

História: A chegada dos portugueses ao Brasil, A relação dos índios e do homem branco , a interferência do homem branco na cultura indígena
Cidadania: O bem público e o bem particular, administração do bem público e sua manutenção, os impostos.

Público alvo
O projeto será aplicado em uma turma de 32 alunos de quarta série/quinto ano, com idade entre 10 e 14 anos, de uma escola estadual de POrto Alegre , pela professora regente Magali Brewda D'Avila , no período de 50 dias( de 01/06/08 à 20/07/08).

Os recursos materiais serão:
Retroprojetor , data show , filme em dvd, video do Youtube , livro de história , recortes de jornais e revistas, uso do laboratório de informática para explorar o 'google earth' , mapas, materiais recicláveis, filme em cinema, livros diversos.

As práticas:
Serão realizadas atividades de debate sobre situações de conflito
Hora do conto(Se mamãe não voltar para casa?)
Confecção de materiais com sucata(símbolos para paz no planeta)
Análise de textos(manifesto pela paz, versão para crianças)
Reportagens , crônicas , produção de texto em grupo , duplas e individualmente
Reflexão sobre o filme 'Azur e Asnar' , interpretação oral e escrita do filme e debate sobre o tema central
Produção de uma música com o tema paz
Relaxamentos
Reflexões sobre a música 'Era uma vez...' de Sandy e Júnior.

Conclusão do projeto:

Elaboração da "torta da paz da turma , onde os alunos no grande grupo farão uma receita na qual os componentes serão qualidades humanas que acham importantes que as pessoas tenham para promover a paz . Eles escolherão os ingredientes , a medida de cada um para colocar e o modo de preparar. O registro passo-a-passo será colocado no quadro para que copiem. Depois será colocada a receita no papel pardo e exposto no mural da escola.
Elaboraçao de um projeto de paz, por parte dos alunos ,a ser aplicado por cada um na escola , na família , na rua , no bairro..., onde cada aluno será responsável por promover a paz, cultivando em si , e estimulando os outros a cultivar a "torta da paz"

Avaliação;

Os alunos serão avaliados por seu engajamento nas atividades , sua participação , suas contribuições positivas , suas colocações e questionamentos durante os debates. Também serão avaliados em sua postura nas diferentes situações e locais , sua capacidade de trabalho em pequeno e grande grupo. Ao final de cada quinzena será feito um trabalho de avaliação coletiva sobre as atividades , a postura dos alunos e o comprometimento na prática das tarefas.
INFORMAÇÕES GERAIS.
1.1 - O Projeto Londrina Pazeando é uma iniciativa inspirada no projeto nacional "Paz Pela Paz e Não-Violência" organizada pela ONG MOVPAZ - Movimento Internacional Pela Paz e Não-Violência de Feira de Santana, que tem como objetivo provocar entre os alunos do município de Londrina, reflexões sobre a importância da Paz nos dias atuais. Pretende-se promover, também, através da aquisição de novos conhecimentos sobre a Paz, ações que possam contribuir para o estabelecimento da não-violência na sociedade, construindo assim uma nova geração de cidadãos pacifistas. "Paz Pela Paz e Não Violência", representa uma iniciativa pioneira de introduzir o estudo da Paz nas Escolas, uma vez que ao longo da História as Escolas do mundo somente estudaram e ainda estudam as guerras. A partir deste projeto inicia-se a proposta, (a ser apresentada ao Ministério da Educação - MEC) de inclusão do tema da Paz, com seus respectivos pacifistas e movimentos, como conteúdo transversal no currículo pedagógico de todas as Escolas do Brasil.
1.2 - Com este enfoque, para o ano de 2010, a Comissão Organizadora composta pelas seguintes entidades: O Londrina Pazeando, Secretaria Municipal de Educação de Londrina, Secretaria Municipal de Cultura, Núcleo Regional de Educação de Londrina, SINEPE - Sindicato das Escolas Particulares de Londrina, UEL - Universidade Estadual de Londrina, UNOPAR, FACULDADE PITÁGORAS, COMPAZ e Sindicato dos Jornalistas está sistematizando a produção de um livro co o tema: Londrina Pazeando 2010 - " 10 anos de Movimento pela Paz e Não-Violência: - o que já fizemos nestes dez anos, e o que falta fazer? ”
1.3 - Como primeira etapa deste trabalho, propõe-se um estudo dialético do tema em cada Estabelecimento de Ensino e posteriormente a produção de desenhos e textos, que apontem alternativas aos três segmentos da:

Paz Ambiental
Paz Social
Paz Interior
No ano de 1999 foi proposto pela ONU como ano internacional da Cultura de Paz e de 2000 á 2010 a década para a superação da violência, pela UNESCO.
A ONU definiu cultura de paz na Declaração e Programa de Ação sobre uma Cultura de Paz, em 13 de setembro de 1999, da seguinte maneira:
“Uma Cultura de Paz é um conjunto de valores, atitudes, tradições, comportamentos e estilos de vida baseados: No respeito à vida, no fim da violência e na promoção e prática da não-violência por meio da educação, do diálogo e da cooperação; No pleno respeito aos princípios de soberania, integridade territorial e independência política dos Estados e de não ingerência nos assuntos que são, essencialmente, de jurisdição interna dos Estados, em conformidade com a Carta das Nações Unidas e o direito internacional; No pleno respeito e na promoção de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais; No compromisso com a solução pacífica dos conflitos; Nos esforços para satisfazer as necessidades de desenvolvimento e proteção do meio-ambiente para as gerações presente e futuras; No respeito e promoção do direito ao desenvolvimento; No respeito e fomento à igualdade de direitos e oportunidades de mulheres e homens; No respeito e fomento ao direito de todas as pessoas à liberdade de expressão, opinião e informação; Na adesão aos princípios de liberdade, justiça, democracia, tolerância, solidariedade, cooperação, pluralismo, diversidade cultural, diálogo e entendimento em todos os níveis da sociedade e entre as nações; e animados por uma atmosfera nacional e internacional que favoreça a paz”

Nenhum comentário:

Postar um comentário