Viajando No Mundo dos Contos de Fada

Viajando No Mundo dos Contos de Fada

sábado, 28 de maio de 2011

Textos Diversos

Desejo que você
Não tenha medo da vida, tenha medo de não vivê-la.
Não há céu sem tempestades, nem caminhos sem acidentes.
Só é digno do pódio quem usa as derrotas para alcançá-lo.
Só é digno da sabedoria quem usa as lágrimas para irrigá-la.
Os frágeis usam a força; os fortes, a inteligência.
Seja um sonhador, mas una seus sonhos com disciplina,
Pois sonhos sem disciplina produzem pessoas frustradas.
Seja um debatedor de idéias. Lute pelo que você ama.
Augusto Cury

A morte na empresa
Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida...

Um dia, quando os funcionários chegaram para trabalhar, encontraram na portaria um cartaz enorme, no qual estava escrito:

"Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida na Empresa. Você está convidado para o velório na quadra de esportes".

No início, todos se entristeceram com a morte de alguém, mas depois de algum tempo, ficaram curiosos para saber quem estava atrapalhando sua vida e bloqueando seu crescimento na empresa. A agitação na quadra de esportes era tão grande, que foi preciso chamar os seguranças para organizar a fila do velório. Conforme as pessoas iam se aproximando do caixão, a excitação aumentava:

- Quem será que estava atrapalhando o meu progresso ?
- Ainda bem que esse infeliz morreu !

Um a um, os funcionários, agitados, se aproximavam do caixão, olhavam pelo visor do caixão a fim de reconhecer o defunto, engoliam em seco e saiam de cabeça abaixada, sem nada falar uns com os outros. Ficavam no mais absoluto silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma e dirigiam-se para suas salas. Todos, muito curiosos mantinham-se na fila até chegar a sua vez de verificar quem estava no caixão e que tinha atrapalhado tanto a cada um deles.

A pergunta ecoava na mente de todos: "Quem está nesse caixão"?

No visor do caixão havia um espelho e cada um via a si mesmo... Só existe uma pessoa capaz de limitar seu crescimento: VOCÊ MESMO! Você é a única pessoa que pode fazer a revolução de sua vida. Você é a única pessoa que pode prejudicar a sua vida. Você é a única pessoa que pode ajudar a si mesmo. "SUA VIDA NÃO MUDA QUANDO SEU CHEFE MUDA, QUANDO SUA EMPRESA MUDA, QUANDO SEUS PAIS MUDAM, QUANDO SEU(SUA) NAMORADO(A) MUDA. SUA VIDA MUDA... QUANDO VOCÊ MUDA! VOCÊ É O ÚNICO RESPONSÁVEL POR ELA."

O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos e seus atos. A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença. A vida muda, quando "você muda".
Luís Fernando Veríssimo


Se vai tentar
siga em frente.

Senão, nem começe!
Isso pode significar perder namoradas
esposas, família, trabalho...e talvez a cabeça.

Pode significar ficar sem comer por dias,
Pode significar congelar em um parque,
Pode significar cadeia,
Pode significar caçoadas, desolação...

A desolação é o presente
O resto é uma prova de sua paciência,
do quanto realmente quis fazer
E farei, apesar do menosprezo
E será melhor que qualquer coisa que possa imaginar.

Se vai tentar,
Vá em frente.
Não há outro sentimento como este
Ficará sozinho com os Deuses
E as noites serão quentes
Levará a vida com um sorriso perfeito
É a única coisa que vale a pena.
Charles Bukowski

Não acredite em algo simplesmente porque ouviu. Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito. Não acredite em algo simplesmente porque esta escrito em seus livros religiosos. Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade. Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração. Mas depois de muita análise e observação, se você vê que algo concorda com a razão, e que conduz ao bem e beneficio de todos, aceite-o e viva-o.
Buda
Corredores...
Eu andei
Sorri, chorei, tanto
Não me arrependi
Ganhei e perdi
Fiz como pude
Lutei contra o amor
E quanto mais vencia, me achava um perdedor
Mais tarde me enganei
Vi com outros olhos
Quando às vezes não amei a mim
Não por falta de amor
Mas amor demais me levando pra alguém
Quem?
Visitou os corredores da minha alma
Soube dos enganos
Secretos planos
E até uns traumas
Sempre fui muito só
Eu andei
Sorri, chorei tanto
Fui quase feliz
Fiz tudo que quis
Fiz como puder
Desprezei meu ego
Dando esmolas a ele com se fosse um cego
Mais tarde me enfeitei
Até pintei os olhos
Quando às vezes não amei a mim
Não por falta de amor
Mas amor demais me escapando pra alguém
Quem?
Visitou os corredores da minha alma
Soube dos meus erros
E dos nós que fiz
Bem na linha da vida
Sempre fui muito só
Ana Carolina


Deus dá o dom

nunca acredite num deus que não saiba dançar

deus dá o dom
para ter mais
não tem que pensar
é só dar
deus dá o dom
se você não sabe como cantar
se você não sabe como dançar
é só começar a se soltar
deus dá o dom

o dom é teu
deus já te deu
faça bom proveito
você só tem que fazer bem feito
o dom é teu
deus dá o dom de trazer a luz
o fim do medo de olhar a lua
e de guardar segredo
deus dá o dom
o dom é teu
não aceite imitação
o dom de deus
tem que falar ao coração
tem que tocar teus sentidos
por teu corpo em ação
você sabe que é o dom de deus
se te der tesão
tesão de vida, pura emoção
deus dá o dom
Se tenho propósito, mas não tenho motivação! Aliás, nem quero ter!
Sou alguém que descobriu que não tem sorte mesmo! Que descobriu que tudo que é bom acaba antes mesmo de começar!!!
Sou alguém que acreditava em sonhos, em amar e ser feliz! Acreditava!!!
Sou alguém que abriu os olhos pra vida, e descobriu que nem todos os olhares voltados pra mim são verdadeiros!!!
Sou alguém que descobriu que a mentira e o amor infelizmente sempre andam juntos! não acredita??? Dê um tempo pra si mesmo e acreditará por experiência própria!
Aprendi também que amizade e falsidade nunca se separam! Quando pensamos que são verdadeiros, eles nos trem, mentem, e agem de tal forma que nunca imaginaría-mos vir de um amigo!
Sou alguém que não acredita mais em pessoas perfeitas!
Que acordou do donho de menininha, mesmo não querendo! Não adianta lutar contra o mundo sozinha!
Pra quê ficarei a favor de tudo, se tudo sempre se vira contra mim???
Sou alguém que vive calada esperando apenas um sorriso falso, pra me enojar ainda mais!
Sou alguém que não tem mais sonhos, e sim objetivos!!! Ser alguém na vida... Pois por enquanto, não sou ninguém!!!
Não me importo mais com nada! Nada mesmo!
Quando me ver sorrindo, sinta-se feliz! Pois serás uma das únicas pessoas que conseguirá me distrair de minha escuridão!!!
Não acredito em nada, nem em ninguém... Apenas tolero!!!
Fingir??? NÃO!!! Não faço isso! Não consigo dar pérolas aos porcos! Quem não se importa comigo, nem o meu fingimento merece!!!
Enfim... Sou alguém que sofre por ser sincera demais, que lamenta por não ter mais vontade de viver, de amar, de ser feliz!!!
Sou alguém que não é ninguém!!!!

Sonhos são a expressão da alma, são intensos desejos geradores de motivação;
É o que nos dá asas para voar, que nos deixa sem chão;
É a nossa motivação pessoal, um verdadeiro mergulho no solo fértil da fé;
É o que faz a vida se tornar interessante,
É um convite ao infinito céu!
Não pare de sonhar, nunca desista da magia dos sonhos!
Sonhos são imensos desejos que gritam no íntimo humano, procurando uma oportunidade para se concretizar.
Algumas pessoas afundaram-os no solo do esquecimento; outras, como eu, anseiam intensamente pela realização dos mesmos.
O sonho torna-se real quando você empenha-se a torná-lo real.
Michelle Ramos

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu. Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito. Não acredite em algo simplesmente porque esta escrito em seus livros religiosos. Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade. Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração. Mas depois de muita análise e observação, se você vê que algo concorda com a razão, e que conduz ao bem e beneficio de todos, aceite-o e viva-o."
Buda
Podemos acreditar que tudo que a vida nos oferecerá no futuro é repetir o que fizemos ontem e hoje. Mas, se prestarmos atenção, vamos nos dar conta de que nenhum dia é igual a outro. Cada manhã traz uma benção escondida; uma benção que só serve para esse dia e que não se pode guardar nem desaproveitar.
Se não usamos este milagre hoje, ele vai se perder.
Este milagre está nos detalhes do cotidiano; é preciso viver cada minuto porque ali encontramos a saída de nossas confusões, a alegria de nossos bons momentos, a pista correta para a decisão que tomaremos.
Nunca podemos deixar que cada dia pareça igual ao anterior porque todos os dias são diferentes, porque estamos em constante processo de mudança.
Paulo Coelho
Não deixe de acreditar no amor, mas certifique-se de estar entregando seu coração para alguém que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá, manifeste suas idéias e planos, para saber se vocês combinam, e certifique-se de que quando estão juntos aquele abraço vale mais que qualquer palavra...
Luís Fernando Veríssimo

Recomeçar

Não importa onde você parou,
em que momento da vida você cansou,
o que importa é que sempre é possível
e necessário "Recomeçar".
Recomeçar é dar uma nova
chance a si mesmo.
É renovar as esperanças na vida
e o mais importante:
acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período?
Foi aprendizado.

Chorou muito?
Foi limpeza da alma.

Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia.

Sentiu-se só por diversas vezes?
É por que fechaste a porta até para os outros.

Acreditou que tudo estava perdido?
Era o início da tua melhora.

Pois é!
Agora é hora de iniciar,
de pensar na luz,
de encontrar prazer nas coisas simples de novo.

Que tal um novo emprego?
Uma nova profissão?
Um corte de cabelo arrojado, diferente?
Um novo curso,
ou aquele velho desejo de apender a pintar,
desenhar,
dominar o computador,
ou qualquer outra coisa?

Olha quanto desafio.
Quanta coisa nova nesse mundão
de meu Deus te esperando.

Tá se sentindo sozinho?
Besteira!
Tem tanta gente que você afastou
com o seu "período de isolamento",
tem tanta gente esperando apenas um
sorriso teu para "chegar" perto de você.

Quando nos trancamos na tristeza nem
nós mesmos nos suportamos.
Ficamos horríveis.
O mau humor vai comendo nosso fígado,
até a boca ficar amarga.

Recomeçar!
Hoje é um bom dia para começar
novos desafios.

Onde você quer chegar?
Ir alto.
Sonhe alto,
queira o melhor do melhor,
queira coisas boas para a vida.
pensamentos assim trazem para nós
aquilo que desejamos.

Se pensarmos pequeno,
coisas pequenas teremos.

Já se desejarmos fortemente o melhor
e principalmente lutarmos pelo melhor,
o melhor vai se instalar na nossa vida.

E é hoje o dia da Faxina Mental.

Joga fora tudo que te prende ao passado,
ao mundinho de coisas tristes,
fotos,
peças de roupa,
papel de bala,
ingressos de cinema,
bilhetes de viagens,
e toda aquela tranqueira que guardamos
quando nos julgamos apaixonados.
Jogue tudo fora.
Mas, principalmente,
esvazie seu coração.
Fique pronto para a vida,
para um novo amor.

Lembre-se somos apaixonáveis,
somos sempre capazes de amar
muitas e muitas vezes.
Afinal de contas,
nós somos o "Amor".
Paulo Roberto Gaefke


Quando me amei de verdade

Quando me amei de verdade,
pude compreender
que em qualquer circunstância,
eu estava no lugar certo,
na hora certa.
Então pude relaxar.

Quando me amei de verdade,
pude perceber que o
sofrimento emocional é um sinal
de que estou indo contra a minha verdade.

Quando me amei de verdade,
parei de desejar que a minha vida
fosse diferente e comecei a ver
que tudo o que acontece contribui
para o meu crescimento.

Quando me amei de verdade,
comecei a perceber como
é ofensivo tentar forçar alguma coisa
ou alguém que ainda não está preparado
- inclusive eu mesma.

Quando me amei de verdade,
comecei a me livrar de tudo
que não fosse saudável.
Isso quer dizer: pessoas, tarefas,
crenças e - qualquer coisa que
me pusesse pra baixo.
Minha razão chamou isso de egoismo.
Mas hoje eu sei que é amor-próprio.

Quando me amei de verdade,
deixei de temer meu tempo livre
e desisti de fazer planos.
Hoje faço o que acho certo
e no meu próprio ritmo.
Como isso é bom!

Quando me amei de verdade,
desisti de querer ter sempre razão,
e com isso errei muito menos vezes.

Quando me amei de verdade,
desisti de ficar revivendo o passado
e de me preocupar com o futuro.
Isso me mantém no presente,
que é onde a vida acontece.

Quando me amei de verdade,
percebi que a minha mente
pode me atormentar e me decepcionar.
Mas quando eu a coloco
a serviço do meu coração,
ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Kim McMillen

Subconsciência

Preciso de amigos, carinho e espaço.
Motivação em tudo o que eu faço.
Tanto a criar. Coisas inacabadas.
Pesquisas e teses... não terminadas.

Sou rio sem rumo de caminho flexível.
Pequenas etapas e grande desafio.
Tudo é relativo mas nada é impossível.
O rio chega ao mar e encontra um navio.

Na minha corrida, mistérios viram conhecimento.
Dúvidas se resolvem e caem no esquecimento.
O tempo é meu mestre, tutor da experiência!
Poder nas minhas mãos: subconsciência.
Felipe Miralha da Silveira

Posso mudar a minha rotina de acusações ?
e não é mais ela a motivação de minhas lágrimas.
Eu encontrei um motivo melhor para gastar as minhas gotas salgadas.
Não. Elas não são salgadas, se você for reparar, são tão doces quanto uma criança sorridente perante uma bala. E tem quem ache isso amargo, e existe também, gente que não ache nada.
Penso eu, que tudo não possui sabor; e o sentido das lágrimas é você não saber chorar, e sim saber por quem deve sangrar mesmo sem conhecer esse causador de feridas.
Volto a culpar alguem.
Andressa xavier

Não diga tudo o que sabes
Não faças tudo o que podes
Não acredite em tudo que ouves
Não gaste tudo o que tens

Porque:

Quem diz tudo o que sabe,
Quem faz tudo o que pode,
Quem acredita em tudo o que ouve,
Quem gasta tudo o que tem;

Muitas vezes diz o que não convém,
Faz o que não deve,
Julga o que não vê,
Gasta o que não pode.
Proverbio arábe

Acredite

Acredite nas pessoas... Naquelas que possuem algo mais... Aquelas que, às vezes, a gente confunde com anjos e outras divindades... Digo daquelas pessoas que existem em nossas vidas e enchem nosso espaço com pequenas alegrias e grandes atitudes... Falo daquelas que te olham nos olhos quando precisam ser verdadeiras, tecendo elogios, que pedem desculpas com a simplicidade de uma criança...

Pessoas firmes... Verdadeiras, transparentes, amigas, ingênuas... Que com um sorriso, um beijos, um abraço, uma palavra de faz feliz... Aquelas que erram... Acertam... Não tem vergonha de dizer não sei... aquelas que sonham... Aquelas amigas... Aquelas que passam pela vida deixando sua marca, saudades, aquelas que fazem à diferença... Aquelas que vivem intensamente um grande amor...
desconhecido
Luiz Verissimo

"Imagine uma nova história para sua vida e acredite nela".
Paulo Coelho

"Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa....."
"....agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor".
Carlos Drumond de Andrade.

Até...Ame...Até...Sempre...Até...Ame...Até...Sempre !!!1
Paulo Coelho---Carlos Drumond de Andrade

TENTE

Não diga ser incapaz,
Sem antes haver tentado.
Antes de mais nada,
Tente.
Lute o quanto pode,
Para conseguir.

E, se realizar um grande sonho,
Não se sinta surpreso(a).
O possível está ao seu alcance.
A força está em VOCÊ.
No impossível DEUS lhe ajuda.
Então, por que desistir?
TENTE!
Lembre-se:
Não existe felicidade sem merecimento.
Não se chega a ser feliz,
Sem uma grande dose de sacrifícios.
A felicidade é GRAÇA que não chega de graça.
(Prof. Henrique Melo)
Acredite nas pessoas
Acredite nas pessoas... Naquelas que possuem algo mais... Aquelas que, às vezes, a gente confunde com anjos e outras divindades... Digo daquelas pessoas que existem em nossas vidas e enchem nosso espaço com pequenas alegrias e grandes atitudes... Falo daquelas que te olham nos olhos quando precisam ser verdadeiras, tecendo elogios, que pedem desculpas com a simplicidade de uma criança... Pessoas firmes... Verdadeiras, transparentes, amigas, ingênuas... Que com um sorriso, um beijos, um abraço, uma palavra de faz feliz... Aquelas que erram... Acertam... Não tem vergonha de dizer não sei... aquelas que sonham... Aquelas amigas... Aquelas que passam pela vida deixando sua marca, saudades, aquelas que fazem à diferença... Aquelas que vivem intensamente um grande amor...
Danny Barreto

O novo professor

À luz dos conhecimentos que hoje possuímos sobre o funcionamento do cérebro como um todo, a escola tradicional apresenta muitas heresias biológicas, fisiológicas e psicológicas, isto é, verdadeiros contra-sensos em relação ao que é o ser humano como um todo. Heresias morais também porque quantas vezes essa escola não matou vocações e, em quantas pessoas não deixou bloqueios para o resto da vida?
A combinação das ciências do comportamento com as neurociências produz o campo da Psiconeurolingüística (Psicolingüística) e a Emotologia, cuja aplicação ao ensino se chama Emotopedia, como já dito.
A idéia antiga de que “a educação prepara para a vida” é substituída por “a educação é vida” e a escola deve ser um laboratório e não um auditório.
A principal finalidade da educação deve ser de desenvolver as capa­cidades das pessoas em situação de aprendizagem como elemento de auto-realização e, não, “transmitir” conhecimentos. Aliás, a origem da pala­vra educação é do latim educĕre (Pronuncia-se [edúcere]), de e(x), “para fora” e ducĕre (Pronuncia-se [dúcere]), “conduzir”, da mesma ori­gem de educador, mas esta palavra não nos parece boa para indicar o novo professor, pois nos soa como “aquele que transmite as regras que o aluno deve seguir” e não o que contribui para desenvolver-lhe as capacidades. O professor não deve ser, necessariamente, um erudito, “aquele que sabe tudo”, encarregado de “moldar a inteligência” e “encher a cabeça” da pes­soa de conhecimentos dos quais ela, um dia, talvez “poderá vir a precisar”. Saber ensinar é saber criar as condições para que os alunos aprendam. A inteligência constrói-se pela ação; por isso, o professor deve ser um estimulador de interesses, um despertador de curiosidade, um evocador de necessidades intelectuais. Ele deve ser um colaborador no sentido de ajudar a pessoa a adquirir conhecimentos por si mesma.
Alguns têm usado a palavra “facilitador” para um novo tipo de professor, importando a palavra do inglês facilitator. Nós somos contra o uso desta palavra porque pode dar a idéia de que o professor é “o que facilita”, por causa da palavra “fácil” com que se relaciona. Em inglês, facilitator (Pronuncia-se [facilitéitor]) não tem essa conotação porque a palavra comum para fácil é easy (Pronuncia-se [ íhzi ], sendo o “h” colocado após o ”i” para indicar que a pronúncia do “i” é longa).
O ENTUSIASMO, E NÃO A ERUDIÇÃO, DEVE SER A QUALIDADE BÁSICA DO PROFESSOR.
O novo professor respeita os estilos de aprendizagem* dos alunos, procurando codificar as informações de modo a corresponder à manei­ra pela qual cada aluno aprende melhor.
Quando os dirigentes e o grande público compreenderem melhor o papel social do professor na busca do bem comum, serão eles os primeiros a reclamar para a área da educação uma situação tal que as necessidades individuais não venham extinguir as qualidades do coração e do intelecto, indispensáveis ao exercício do magistério. O conceito que se tem de “coração”, a idéia a que se chegou pela experiência e pelo estudo a respeito das implicações deste órgão, é a mesma a respeito de tudo aquilo que envolve o SAPE.
*Se o professor preparar suas sessões de aprendizagem acelerativa, ao mesmo tempo, para alunos visuais, auditivos e cinestésicos, levando em conta as exigências da especialização hemisférica cerebral de cada qual e a hierarquia dos apelos sápicos: dinheiro, prestígio (desejo de consideração), amor e saúde estará codificando o conteúdo de modo abranger os vários estilos de aprendizagem. Nosso livro Acelere Sua Aprendizagem - Inventário para o Autoconhecimento – / trata deste assunto, com inventários para descobrir o estilo de aprendizagem visando ao melhor rendimento intelectual.
Assim como a escola tradicional morreu, embora seu fantasma insista em conduzir a aprendizagem, também morreu o “mestre”, que baseava seu estilo nos pilares que mantinham de pé aquele tipo de escola, ou  seja;
  • constrangimento (castigo e recompensa)
  • aulas passivas;
  • a criança como um ser inferior ao adulto;
  • a ênfase no saber do momento, em detrimento da mobilização das capacidades como elemento de auto-realização;
  • a crença no fato errado do que preparava o aluno para a vida (embora o aluno já estivesse vivendo), obrigando-o a aprender muitos conheci­mentos, na mera suposição de que um dia ele poderia precisar deles;
  • a crença de que inteligência e criatividade não se aprendiam.
Felizmente, o novo professor está surgindo e é a ele que dedica­mos este artigo. Eis aqui a VALORIZAÇÃO do magistério.
Temas para Reflexão:
* Num retrospecto de sua vida, verifique quais os professores que mais o impressionaram e por quê.
* À luz dos novos conhecimentos sobre o cérebro*, como Você descreve o novo professor?
  • Que pontos denunciam que a escola tradicional morreu?
* Os professores logo observam que, às vezes, os alunos não aprendem porque têm problemas que não se resolvem com a repetição da matéria em programas da chamada “recuperação”. Ver, sobre este assunto, nosso trabalho sobre “O Genoma da Inteligência”.** da inteligência precisam ser fortalecidos.
*A “recuperação” não deve se restringir à mera repetição do que foi ensinado antes. Temos que nos reportar à educação anterior, à atenção, à concentração e à capacidade de estabelecer relações e do querer aprender; enfim, temos de chegar aos fatores que compõem a inteligência, desvendando o código do intelecto. Temos de verificar que programação anterior está prejudicando o aprendizado de matérias específicas e que fatores específicos
* As causas dos chamados distúrbios de aprendizagem podem ser classificadas em vários grupos: causas orgânicas, causas de programação negativa, causas de lateralidade cerebral contrariada, causas de uso errado de apelos sápicos*** (motivação), causas provenientes de fatores da inteligência que precisam maior desenvolvimento.
* Ver o livro O Cérebro do Cérebro; A Chave dos Segredos do Ser Humano, do mesmo autor.
** Ver nosso livro A Revolução do Neurônio.
*** “Sápico” é um neologismo que significa “relativo ao SAPE”. “Apelos sápicos” são mensagens que vão atingir o centro que gera ação (motivação), entusiasmo, vontade de conseguir resultados.

Artigo extraído dos livros do Professor Luiz Machado, Ph.D.
Cientista Fundador da Cidade do Cérebro
Mentor da Emotologia

1. Falta de motivação do professor

Simão de Miranda, educador e psicólogo, acredita que um dos principais geradores de desestímulo nos alunos é a falta de motivação no próprio professor. “É uma cadeia. O professor desmotivado não se mobiliza para encontrar iniciativas criativas e inovadoras dentro do contexto da Educação. Ele espera que as soluções para suas aulas apareçam prontas, como num toque de mágica, ou venham de autoridades públicas, sendo que também cabe ao professor buscar novos recursos pedagógicos e metodologias que estimulem seus alunos em seus aprendizados”, opina o professor Miranda.

Um professor pouco estimulado e que não acredita no seu potencial de educador produz aquém do que sua capacidade permite e não aproveita devidamente os recursos que tem em mãos ou que sua escola oferece. Não raramente, esquece-se de que é uma peça-chave da sociedade na formação de cidadãos. “O educador precisa crer no valor de sua profissão, saber que esse ofício vai muito além da missão de passar conteúdos didáticos. E este pode ser um pensamento promissor para o professor se sentir mais motivado e conseguir transmitir mais paixão aos alunos, estimulando-os também”, aponta Miranda.
1. Falta de motivação do professor
2. Falta de afeto
3. Falta de cuidado com a aparência
4. Falta de interação e uso de rótulos
5. Falta de segurança
6. Falta de humor
7. Falta de avaliação
8. Falta de cuidados na hora da leitura
 

Dinâmicas

RECREAÇÃO
Dinâmicas de Grupo
   Envie sua dinâmica e enriqueça nossa página ! Quero enviar minha idéia
32. Dinâmica: "O feitiço virou contra o feiticeiro"
Objetivo: não faça ou deseje aos outros o que não gostaria para si
Material: papel e caneta
Procedimento: forma-se um círculo, todos sentados, cada um escreve uma tarefa que gostaria que seu companheiro da direita realizasse, sem deixá-lo ver. Após todos terem escrito, o feitiço vira contra o feiticeiro, que irá realizar a tarefa é a própria pessoa que escreveu. "não faça ou deseje aos outros o que não gostaria para si"
Respeito ao próximo.

Contribuição enviada pela usuária: Adriana Rezende da Silva Telles
33. Dinâmica: " da Historinha"
Objetivo: Treinar a memorização e atenção.
Procedimento: Todos devem estar posicionados em círculo de forma que todos possam se ver.
O organizador da dinâmica deve ter em mãos um objeto pequeno e direcionando a todos deve começar a história dizendo: Isto é um ..... (Ex. cavalo). Em seguida deve passar o objeto à pessoa ao seu lado que deverá acrescentar mais uma palavra a história sempre repetindo tudo o que já foi dito. (Ex. Isto é um cavalo de vestido...), e assim sucessivamente até que alguém erre a ordem da história pagando assim uma prenda a escolha do grupo.
Cria-se cada história engraçada... É bem divertido, aproveitem.

Contribuição enviada pela usuária: Jussara do Carmo Ferreira Souto Maior - Marketing e Venda
34. Dinâmica: " Recital das Almas Gêmeas"
Objetivo: É uma atividade muito divertida, que tem como objetivo a descontração e a aproximação entre os membros do grupo.
Material: papel e caneta
Procedimento: Divide-se a turma em duas equipes. Em papeis serão escritas mensagens que se completam (perguntas e respostas ou parte 1 e parte 2). Cada participante deverá pegar um papel, ou mais conforme a quantidade de papeis e participantes, sem deixar que seus colegas vejam o que está escrito. A mensagem será ex: 1 - 'eu sou um jardim sem flor', 2- ' eu sou a flor do teu jardim'. A segunda parte complementa a primeira. É importante que as mensagem sejam criativas e engraçadas. É preciso demarcar quais são as primeiras partes, para que sejam recitadas primeiramente, sendo completadas pela sua respectiva segunda parte.

Contribuição enviada pela usuária: Beatris Feuser - Profa. de Hidro e Natação
35. Dinâmica: "Para quem você tira o chapéu"
Objetivo: Estimular a autoestima
Materiais: um chapéu e um espelho
O espelho deve estar colado no fundo do chapéu.
Procedimento: O animador escolhe uma pessoa do grupo e pergunta se ela tira o chapéu para a pessoa que ver e o porquê, sem dizer o nome da pessoa. Pode ser feito em qualquer tamanho de grupo e o animador deve fingir que trocou a foto do chapéu antes de chamar o próximo participante. Fizemos com um grupo de idosos e alguns chegaram a se emocionar depois de dizer suas qualidades. Espero que gostem!

Contribuição enviada pela usuária: Andressa Carneiro - Vitória de Santo Antão PE - dentista
35. 1. Outra Versão: Dinâmica "Caixinha de Surpresas"
Objetivo: Dinâmica do autoconhecimento;Falar sobre si
Materiais: caixinha com tampa, eEspelho
Procedimento:Em uma caixinha com tampa deve ser fixado um espelho na tampa pelo lado de dentro. As pessoas do grupo devem se sentar em círculo. O animador deve explicar que dentro da caixa tem a foto de uma pessoa muito importante (enfatizar), depois deve passar para uma pessoa e pedir que fale sobre a pessoa da foto, e não devem deixar claro que a pessoa importante é ela própria. Ao final, o animador deve provocar para que as pessoas digam como se sentiram falando da pessoa importante que estava na foto.
Contribuição enviada pela usuária: Iara Elisa - Charqueadas - RS - Assistente Social
36. Dinâmica: "Chupa ai"
Objetivo: Estimular o Trabalho em Equipe.
Materiais: Uma bandeija e balas de acordo com o nº de participantes. As balas devem ser colocadas dentro da bandeija.
Procedimento: forma-se um circulo, diga então aos participantes: 'vocês terão que chupar uma bala, só que não poderão usar suas mãos para desembrulhar a bala e colocar em sua própria boca'.
Os participantes ficam loucos pensando como fazer isso, é interessante colocar a bandeija no chão. Alguns participantes até pegam a bala com a boca e tenta desembrulhar na boca.
Espera-se que eles se ajudem, um participante pegue a bala com as mãos, a desembrulhe e coloque na boca do outro.
Muito divertida esta dinâmica!

Contribuição enviada pelo usuário: André Muniz - Prof. de Educação Física - Itaguaí - RJ
37. Dinâmica: " do papel"
Objetivo: Descontração
Materiais: pedaço de papel, caneta
Procedimento: Forma-se um círculo e em seguida será distribuído um pedaço de papel para cada um, e uma caneta. Logo após a pessoa irá escrever qualquer pergunta que ela quiser, ex: Porque hoje fez sol? entendeu?!É qualquer pergunta, o que vier na cabeça. Ai logo após o instrutor irá pegar os papéis de todos os participantes, embaralhar e entregar um para cada (só que você não poderá pegar o seu), ai depois de feito isso a pessoa vai responder o que estiver naquele papel que ela pegou. Depois que todos responderem sem um ver o do outro, você vai dobrar seu papel e vai passar 2 vezes para seu lado direito todos juntos. Ai começa a brincadeira. Uma pessoa começa lendo o que está em seu papel, em seguida a pessoa do lado direito ou esquerdo (depende do monitor escolher), digamos que foi pela direita, ai a pessoa vai ler o que está escrito na RESPOSTA dela, e assim sucessivamente, a mesma que respondeu a resposta vai ler a sua pergunta e o vizinho ao lado responderá a sua resposta é muito legal e divertindo causando muitos risos!!!!

Contribuição enviada pelo usuário: Patty - Estudante - Londrina- PR
38. Dinâmica: "dança da cadeira cooperativa"
Objetivo: essa dinâmica serve para quebrar o gelo e fazer com que os participantes pensem sobre cooperação entre o grupo.
Materiais: 1 cadeira
Procedimento: consiste na brincadeira da dança da cadeira(mesmo procedimento), só que em ao invés dos que ficarem sem se sentar sairem, terão que se sentar no colo do amigo, de modo que ninguém fique em pé. É muito engraçado! Ao final, com apenas uma cadeira todo o grupo terá que se sentar um no colo do outro.
Contribuição enviada pelo usuário: Luciene de Souza Figueiredo Pereira - diadema SP
E-mail:lucienesfigueiredo@hotmail.com
39. Dinâmica: " da rosa" (infantil)
Objetivo: despertar a atitude em preservar o que temos.
Materiais: uma flor (rosa) natural
Procedimento: fazer um círculo, e cada integrante retira um pedacinho da flor, ao final sobrará apenas o talo da flor. O monitor da dinâmica questiona o que aconteceu? Será que podemos consertar o que fizemos? Essa dinâmica pode ser trabalhada com os pequeninos, a fim de preservar os materias dentro da sala de aula, ou preservar o próprio meio ambiente.
Contribuição enviada pelo usuário: Dulcemar Garcia - E-mail:dulcemarg@bol.com.br - Professora de Educação infantil- psicopedagoga - SP
40. Dinâmica: " O feitiço virou contra o feitiçeiro "
Objetivo: Mostrar para a turma que antes de pedir para alguém fazer alguma coisa que se coloque no lugar do outro, pois provavelmente ele não faria o que escolheu para o outro grupo fazer.
Materiais: -
Procedimento: Divide-se a turma em dois grupos e pede-se para que cada grupo escolha dois micos para o outro grupo. Após a escolha do mico nomeia-se um lider de cada grupo que fala em voz alta para todos os micos escolhidos.
Após a divulgação o professor diz que o nome da brincadeira é o feitiço virou contra o feitiçeiro e que os grupos farão os micos escolhidos por eles mesmos.

Contribuição enviada pelo usuário: Anderson Luis de Araujo- E-mail:andersoaraujo@bol.com.br - Supervisor Comercial / Professor de Educação Fisica
41. Dinâmica: "do deficiente visual"
Objetivo: Essa dinâmica tem como objetivo motivar a confiança em equipe.
Materiais: espaço aberto
Procedimento: Formam-se duplas e um fecha os olhos e se deixa ser guiado pelo o outro, que deve estar com os olhos abertos, depois o papel se inverte. Pode ser colocado uma música de fundo.
Contribuição enviada pelo usuário: Flaviano Marques Aragão - Socorrista - E-mail:marquespi1@hotmail.com
42. Dinâmica: "sonhos"
Objetivo: Aprender a respeitar o sonhos dos outros
Materiais: balões coloridos, caneta, papel sulfite e palitos de dente.
Procedimento: O participante deverá escrever em um pedaço de papel seu sonho, dobrar e colocá-lo dentro do balão, que deve ser inflado. Cada um fica com um balão e um palito de dente na mão. O orientador dá a seguinte ordem: defendam seu sonho! Todos devem estar juntos em um lugar espaçoso. A tendência é todos estourarem os balões uns dos outros. Quando fizerem isto o orientador pergunta: _ Por que destruiram os sonhos dos outros? Deixe eles pensarem um pouco e responda para defender o seu sonho você não precisa destruir os sonhos dos outros, basta que cada um fique parado e nenhum sonho será destruído!
Contribuição enviada pela usuária: Ana Maria de Sousa Pereira -Crato - CE
- E-mail:downpereira@yahoo.com.br
43. Dinâmica: "Sombra"
Objetivo: essa dinâmica está relacionada a percepção psicomotora e a interação interpessoal e interdisciplinar.
Procedimento: Essa dinâmica é muito descontraída, o grupo desenvolve uma sincronia, escolhe um companheiro (centro)e começam a imitar todos os gestos que ele faça, o que ele fala, como se fossem o sombra dele, deixando um elemento do grupo ao centro.

Contribuição enviada pelo usuário: Admilson Santos Costa - E-mail:admilsoncosta@uol.com.br
44. Dinâmica: "Patinho Feio"
Objetivo: Reflexão
Materiais: Tiras de papel colante, caneta
Procedimento: Colar tiras de papel colante ou escrever em fitas para serem colocadas na cabeça de modo que apareçam palavras as quais deverão ser seguidas pelos colegas que a lerem. Exemplo: beije-me, aperte minha mão,abrace-me, deixe-me, pisque para mim, etc etc.....sendo que apenas um elemento, deverá ficar com a palavra 'deixe-me'. sendo que esse será o único que não será procurado, será o patinho feio (deixe-me). No final, essa pessoa deverá contar como se sentiu, sendo discriminado e deixada de lado.

Contribuição enviada pelo usuário: George Luiz Barone- E-mail:gluizbarone@yahoo.com.br
45. Dinâmica: "Salada de Frutas"
Objetivo: memória e concentração
Procedimento: O grupo senta em círculo e o facilitador diz uma fruta qualquer e aponta para um dos participantes. O participante escolhido deverá dizer a fruta falada pelo facilitador e uma de sua escolha. Aí começa a brincadeira. A pessoa que estiver ao lado direito da escolhida pelo facilitador deverá dizer a fruta do facilitador, da pessoa e a sua.
Exemplo: Facilitador - Maçã; Pessoa 1 - Maçã e Banana; Pessoa 2 - Maçã, Banana e Manga;Pessoa 3 - Maçã, Banana, Manga e Uva e assim sucessivamente até que alguém erre a seqÜência. Para a pessoa que errar pode ser solicitado um 'castigo' ou um 'mico'.
Obs: 1º Em vez de frutas a brincadeira pode ser feita com carros, países, estados, objetos (praia, casa, sala, etc.); 2º Eu faço essa brincadeira com as minhas turmas do grupo de Reciclagem da Língua Portuguesa (in company) e garante ótimos resultados. Como castigo à pessoa que erra, eu faço alguma pergunta sobre o conteúdo já estudado (como revisão), do conteúdo a ser estudado (como hipótese e suposição, para ver o conhecimento da pessoa sobre o assunto) e do conteúdo que está sendo estudado (como reforço). É uma brincadeira simples, mas que garante boas risadas e resultados maravilhosos deixando o ambiente e os participantes super descontraídos.

Contribuição enviada pela usuária: Denise Pinheiro Oliveira- E-mail:denisepinheiro@walla.com
46. Dinâmica: "das partes do corpo"
Objetivo: estimular a atenção e interação com os colegas
Procedimento: Numa grande roda a pessoa começa a brincadeira dizendo o nome de uma parte do corpo. passando a vez. A pessoa que estiver ao lado determinado irá colocar a mão na parte do corpo que a primeira pessoa falou, e dizer outra parte do corpo passando a vez. A pessoa ao seu lado, já determinado de modo que a vez corra apenas em um sentido, colocará a mão na parte corporal dita pela segunda pessoa e dirá outra parte e assim sucessivamente.

Contribuição enviada pelo usuário: Guilherme dos Anjos Nascimento- E-mail:guilhermenascimento@yahoo.com.br
47. Dinâmica: "Descobrindo as qualidades"
Objetivo: Interação
Materiais: quebra-cabeça, pedaços de papel e caneta
Procedimento: Dois grupos formam um círculo, com os componentes intercalados ( ex. um do amarelo, outro do azul e assim em diante até terminar o círculo). Cada componente deve escrever em um pedaço de papel uma qualidade própria (usando apenas uma palavra) e entregar para o participante do lado direito, sendo este o componente do grupo oposto, que deverá fazer mímica para que o seu grupo descubra a qualidade do participante ao lado (grupo oposto), quando o grupo acerta a qualidade logo o outro componente do mesmo grupo anterior que estava fazendo a mímica começa a fazer também a sua e assim sucessivamente . Enquanto isso o líder do grupo oposto está dentro do círculo montando um quebra cabeça, quando ele terminar o tempo acaba e ganha o grupo que descobriu mais qualidades do grupo oposto.
Contribuição enviada pela usuária: Adriana de Luna Catrinck- RJ - E-mail: catrinck_dri@hotmail.com
48. Dinâmica: "do Estetoscópio" (para trilhas ao ar livre)
Objetivo: Esta dinâmica serve pra se perceber que o meio ambiente é vivo.
Materiais: estetoscópio
Procedimento: Ao realizar uma caminhada numa trilha, onde houver em locais úmidos, árvores com caule fino, pegar o estetoscópio e pedir pra que a pessoa ouça seu coração, logo após escutar no caule e perceber o som do movimento de água(xilema) e de nutrientes(floema).
Contribuição enviada pela usuária: Raquel de Cassia Ramos - ambientalista - E-mail: rachelcassia@yahoo.com.br
49. Dinâmica: "qualidades e defeitos"
Objetivo: falar das qualidades e defeitos.
Materiais: pedaço de papel, caneta
Procedimento: gostaria de sugerir uma dinâmica que fiz com meus alunos para falarmos das qualidades e defeitos. Entrega-se um pedaço de papel para cada participante e pede que desenhe a mão direita e a mão esquerda. Em cada dedo primeiro da mão direita escreve-se uma qualidade e na esquerda um defeito. O coordenador da dinâmica dá cerca de 20 minutos para escreverem. Ao final discute-se de acordo com o que cada um escreveu, finalizando que é mais fácil falar de características dos outros do que de nós mesmos e encerra dizendo que todos possuímos qualidades e defeitos, porém temos que nos respeitarmos e priorizarmos nossas qualidades. Um beijo, Cris
Contribuição enviada pela usuária: Cristiane Alves Brasil SP - educadora - E-mail: cristianeabrasil@hotmail.com
50. Dinâmica: "Conheço meu filho"
Objetivo: para reunião de pais
Materiais: Papel e caneta
Procedimento: Pedir que os alunos escreva em um papel pequeno a seguinte frase: 'eu amo a minha família'. Não pode ser assinado. Todos pedaços de papel deverá ter um número que corresponda o número que a cordenadora da reunião manterá em segredo. No dia da reunião todos os pepeis serão colocados espalhados em uma mesa e os pais deverão reconhecer a letra do filho e pegar um papel. Depois a cordenadora irá verificar se os pais acertaram e conhece a letra de seus filhos.

Contribuição enviada pelo usuário: Elson de Souza Medeiros - Pastor/professor - Serra ES
E-mail: medeiros.elson@uol.com.br
51. Dinâmica: "do General"
Objetivo: descontração... causa muitos risos e simpatia entre os participantes
Procedimento: Uma dinâmica para entreter... como uma brincadeira...
Há várias posições nesse jogo, como: lixo, soldado, cabo, sargento, coronel, general etc...
O general começa falando 'Passei a revistar minha tropa e senti falta do...(ele diz o nome de uma das posições)
A pessoa se levanta (a não ser que seja o cargo mais baixo, nesse caso, o General se levanta, e ele continua sentado) e diz 'O ... nunca falta, senhor(o cargo mais baixo não diz senhor ao general)
General - então quem falta?... - Quem falta é o ..., senhor
E assim se procede... até que alguem não se levante, ou levante na hora errada, ou esqueça de dizer 'senhor' ou diga senhor na hora errada
OBS: Se levanta apenas para um cargo mais elevado, e se diz senhor, também apenas para um cargo mais elevado. Nesse caso, a pessoa que errou vai para o cargo mais baixo, e cada pessoa sobe um cargo...Então, começa com o general dizendo 'Passei a revistar minha tropa(...)'
OBS2 - O cargo mais baixo nunca diz senhor ou se levanta para o general, mas para todos os outros participantes, sim...O general nunca se levanta ou diz senhor... apenas para o cargo mais baixo...
OBS3 - se faltarem cargos, pode-se inventar mais alguns, como cocô, ou balde, ou algo assim...

Contribuição enviada pelo usuário: Vinícius - Belo Horizonte/MG
52. Dinâmica: "da inteligência"
Objetivo: melhorar a percepção
Procedimento: Você pega um grupo e divide em 2 a 2, um olhando pro outro. Peça a eles para que se observem por 2 minutos, depois peça para eles se virarem de costas e mudarem três coisas em si mesmos e depois desvirarem e fazerem com que o parceiro descubra o que foi mudado. O outro também repete e assim sucessivamente repita por 3 vezes esta dinâmica.

Contribuição enviada pela usuária: Joyce cristina lippa - Indaiatuba - SP
53. Dinâmica: " da folha de revista"
Objetivo:
Material: folhas de revista, pátio ou sala, todos sentados em círculo
Procedimento: Dar uma folha de revista a cada participante e pede para que amassem bastante a folha, após todos amassarem pede para que desamassem novamente deixando a folha como era antes.
Ninguém irá conseguir, então explica-se que a folha representa as nossas palavras que uma vez ditas não podem mais serem consertadas, por isso devemos ter cuidado ao falar para que não venhamos a machucar o próximo, pois uma vez aberta a ferida será dificíl cicatrizar.

Contribuição enviada pela usuária: silvia lemos santos - ferraz de vasconcelos - SP
54. Dinâmica: " do balão"
Objetivo: Reflexão
Material:balões palitos de dentes uma caixa de bombons ou algum outro prêmio
Procedimento: entrega-se um balão para cada participante e em seguida um palito de dentes, pede-se para todos se espalharem e diz o seguinte: _ganha esta caixa de bombons quem conseguir ficar com o balão sem estourar.
Sem que o instrutor mande todos os participantes correm para estourar os balões dos adversários para ganhar a caixa de bombons, mas geralmente não sobra nenhum balão. Depois o instrutor pergunta: em que momento eu mandei vocês estourarem os balões dos colegas ? E fica com a caixa ou distribui.
Obs: se gostarem divulguem!

Contribuição enviada pela usuária: JOSEANE GOMES MOREIRA - TAIOBEIRAS MG

Outra Versão:

Procedimento: Distribui-se um balão cheio para cada participante e uma agulha ou alfinete. A regra da brincadeira é: Quem ficar até o final sem ter seu balão estourado é o vencedor. Dá-se o tempo de um minuto. Geralmente os participantes estouram o balão uns dos outros, ficando poucos ou nenhum vencedor. Moral da história: Todos poderiam ter sido vencedores pois em momento algum foi dada a regra de que deveriam ter estourado o balão do outro.

Contribuição enviada pela usuária: Geisa Alice de Lima - E-mail: ggeeiissaa@yahoo.com.br - Cianorte PR
55. Dinâmica: " da Pergunta Certa"
Objetivo: Esta dinâmica irá despertar uma atenção maior a concentração e estratégia.
Material: papel e fita crepe
Procedimento: Esta dinâmica para funcionar independe da quantidade de pessoas participantes. Um exemplo, em um grupo o coordenador deverá colar um nome de uma pessoa famosa nas costas dos participantes, sem que eles vejam o que esta escrito, então ganha a dinâmica quem descobrir primeiro o nome que está escrito em suas costas, para ajudá-los eles poderão fazer perguntas entre si como por exemplo 'a pessoa é loira?', mas as respostas so poderão ser sim ou não.

Contribuição enviada pela usuária: KELLY CRISTINA DA SILVA - SANTO ANDRE - SP
56. Dinâmica: " Carta a si próprio"
Objetivo: Levantamento de expectativas individuais, compromissos consigo próprio, percepção de si, auto-conhecimento, sensibilização, reflexão, automotivação, absorção teórica.
Material: Envelope, sulfite, caneta.
Procedimento: 20'
Individualmente, cada treinando escreve uma carta a si próprio, como se estivesse escrevendo a seu (sua) melhor amigo (a). Dentre os assuntos, abordar: como se sente no momento, o que espera do evento (curso, seminário, etc.), como espera estar pessoal e profissionalmente daqui a 30 dias. Destinar o envelope a si próprio (nome e endereço completo para remessa). O Facilitador recolhe os envelopes endereçados, cola-os perante o grupo e, após 45 dias aproximadamente, remete ao treinando (via correio ou malote).

Contribuição enviada pela usuária: Elienai Costa de Amorim - Manaus - AM
57. Dinâmica: " da Bexiga"
Objetivo: Mostrar que nem sempre os caminhos mais fáceis são os melhores, aliás quase nunca. Se precisarem da ajuda de outro diga, que quando não conseguimos vencer algo sozinhos (vícios, frustações etc.) podemos pedir ajuda a outra pessoa, mais velhas (no caso de adolescentes).
Material: bexigas coloridas; fitilha (fita de presente); mini balas; tirinhas de papel com palavras boas e ruins do tipo sucesso, amor, paz, vida eterna, mentira, drogas.
Chegue antes para preparar a sala.
Coloque uma tirinha de papel com um dizer 'ruim' encha a bexiga e coloque uma fita longa, cole no teto essa bexiga, de forma que fique fácil de pegar, dessa forma vá dificultando as bexigas e 'melhorando' as palavras até a última bexiga, no nosso caso foi Vida Eterna, coloque balas junto com a palavra chave, se ninguem alcançar diga que pode pedir ajuda um ao outro.
Público: pode ser feito com pré-adolescentes, adolescentes, jovens e adultos, mudando as palavras para cada faixa etária. Boa sorte!

Contribuição enviada pela usuária: MICHELE KELLY SILVA VIEIRA-

quarta-feira, 25 de maio de 2011

A LIÇÃO DO JARDINEIRO






A LIÇÃO DO JARDINEIRO


Um dia, uma senhora, contratou pelo telefone um jardineiro autônomo para fazer a manutenção do seu jardim.
Chegando em casa, a senhora viu que estava contratando um garoto de apenas 15 ou 16 anos de idade. Contudo, como já estava contratado, pediu para que o garoto executasse o serviço.
Quando terminou, o garoto solicitou à dono da casa permissão para utilizar o telefone, entretanto, estando próxima ao aparelho, a gentil senhora não pôde deixar de ouvir a conversa do garoto que ligou para uma mulher e perguntou:
"A senhora está precisando de um jardineiro?"
"Não. Eu já tenho um", foi a resposta.
"Mas, além de aparar a grama, frisou o garoto, eu também tiro o lixo."
"Nada demais, retrucou a senhora, do outro lado da linha. O meu jardineiro também faz isso."
E o garoto insistiu: "eu limpo e lubrifico todas as ferramentas no final do serviço."
"O meu jardineiro também, tornou a falar a senhora."
"Eu faço a programação de atendimento, o mais rápido possível."
"Bom, o meu jardineiro também me atende prontamente. Nunca me deixa esperando. Nunca se atrasa."
Numa última tentativa, o menino arriscou: "o meu preço é um dos melhores."
"Não", disse firme a voz ao telefone. "Muito obrigada! O preço do meu jardineiro também é muito bom."
Desligado o telefone, a dona da casa disse ao jardineiro: "Meu rapaz, não pude deixar de ouvir a conversa. Que pena, você perdeu um cliente."
"Claro que não", respondeu rápido o garoto. "Eu sou o jardineiro dela. Fiz isto apenas para medir o quanto ela estava satisfeita comigo."


Em se falando do jardim das afeições, quantos de nós teríamos a coragem de fazer a pesquisa deste jardineiro? E, se fizéssemos, qual seria o resultado? Será que alcançaríamos o grau de satisfação da cliente do pequeno jardineiro?
Será que temos, sempre em tempo oportuno e preciso, aparado as arestas dos azedumes e dos pequenos mal-entendidos? Ou estamos permitindo que se acumule o lixo das mágoas e da indiferença nos canteiros onde deveriam se concentrar as flores da mais pura? Como temos lubrificado nossas “ferramentas” de trabalho?

***
A identidade que damos à função que exercemos, florescem nos pequenos detalhes. Como gotas de chuva que umedecem o solo ou como o sol abundante que se faz generoso, distribuindo seu calor.

A D

o que é disgrafia

O que é Disgrafia?

Disgrafia é o transtorno da escrita, de origens funcionais, que surge nas crianças com adequado desenvolvimento emocional e afectivo, onde não existem problemas de lesão cerebral, alterações sensoriais ou história de ensino deficiente do grafismo da escrita.

Portelano Pérez (1985) e Brueckner e Bond (1986) classificaram a Disgrafia como disgrafia do tipo maturativa, desenvolvida a partir de factores próprios do desenvolvimento do indivíduo e disgrafia “provocada”, de causa pedagógica, cujo substrato é o ensino inadequado da escrita. Ambos, neste caso, reportam-se tanto ao excesso de exigência quanto à deficiente orientação no processo de aquisição do grafismo da escrita.

A criança disgráfica é vítima de transtornos que provém ora do plano motor, ora do plano perceptivo, ora do plano simbólico. A dificuldade de integração visual-motora dificulta a transmissão de informações visuais ao sistema motor. “A criança vê o que quer escrever, mas não consegue idealizar o plano motor”. Sua escrita é nitidamente diferente da escrita da criança normal, o que não acarreta homogeneidade no interior do grupo dos disgráficos.
Estes são os sinais de disgrafia normalmente presentes em crianças com esta dificuldade:

Má organização da página
Texto sem unidade, desordenado
Aspecto do conjunto “sujo”
Letras deformadas
Choques entre as letras
Traços de má qualidade
Letras corrigidas diversas vezes
Enlaces mal feitos
Espaços entre as linhas e palavras irregulares, linhas mal mantidas
Pouco grau de nitidez entre as letras
Dimensões exageradas (muito grandes ou pequenas)
Desproporção entre pernas e hastes.
Postura gráfica incorrecta
Preensão e suporte inadequados dos instrumentos de escrita
Ritmo de escrita muito lento ou muito rápido
Dificuldades na escrita de números e letras
Dificuldades de imitar o que vê (martelar, amarrar sapatos, fazer mímicas)
Fenómenos dolorosos geralmente por hipertonia de mão e dedos
Dificuldades para copiar letras e outros símbolos pois não oferecem pista dos padrões motores que se deve usar
Desenhos distorcidos, mal colocados na folha, sem proporção ou planeamento e pobres em detalhes
Excessiva inclinação da folha ou ausência de inclinação


segunda-feira, 23 de maio de 2011

PLANO DE AULA

Disciplina: Educação Física
Objetivos: realizar atividades utilizando jornal; desenvolver habilidades motoras; melhorar a coordenação motora, a flexibilidade e o equilíbrio do corpo, a capacidade cardiorespiratória, a resistência, a força e o tônus muscular.

Material: jornais e fita adesiva.

Conteúdo
Jogos e brincadeiras

Inspiração
Folhas de jornais.

Relacionar
Deus nos dá criatividade para brincar com materiais alternativos.

Raciocínio
Soberania: Deus criou tudo que há, e Ele nos dá criatividade para brincar.
Mordomia: devemos ter domínio próprio sobre o nosso corpo e cuidar para não machucar os colegas na hora das brincadeiras.

Aplicação
1.Saltos sobre Jornais: colocar o jornal no chão e dar as ordens – em frente, atrás embaixo, sobre, na frente, tendo o jornal como referencial. Obs: mudar as direções.
2. Com canudo de jornal: aproveitando o mesmo jornal da primeira atividade, fazer um canudo de jornal, com o canudo fazer alongamentos, podemos pedir que cada um faça um movimento para que os outros repitam. Variação equilibrar no dedo ou mão e trocar com o outro, brincar de esgrima.
3. Bolas de jornal: utilizando ainda a mesma folha de jornal, se tiver condições,fazer uma bolas e prendê-las com fita adesiva, realizar passes variados com as mãos, com os pés, embaixadas, acertar nas costas do colega (cuidado com a força).

educação física

EXEMPLO DE PROVA

ESCOLA ___________________________________________________

Nome do (a) aluno (a) __________________________ Série 8ª__________
Data __________________ Professor (a)_________________________

AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO FÍSICA


Introdução Bíblica: Introdução Bíblica: Filipenses 2:2 Então peço que me dêem a grande satisfação de viverem em harmonia, tendo um mesmo amor e sendo unidos de alma e mente.

1)Dê o conceito de Atleta.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2) Comente 2º Timóteo 2:5 “ Semelhantemente, nenhum atleta é coroado como vencedor, se não competir de acordo com as regras”
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
3) Cite 5 características de um atleta de Cristo
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4) Complete as frases:
a) _______________________ é a pessoa que declara o que viu ou ouviu.
b) Declaração, afirmação, ensinamento divino chamamos de ___________________________.
c)O primeiro lugar onde precisamos começar a testemunhar é a nossa ________________.

5) Existem alguns passos para se dar um bom testemunho, abaixo estão listados alguns desses passos. Leia e marque V para verdadeiro e F para falso:
a) Pedir orientação e sabedoria dos professores para agir, falar, resolver problemas. ( )
b) Seja zeloso, honesto. Tenha uma conduta moral séria, demonstrando cordialidade para com as pessoas. ( )
c) Evite contendas (brigas, discussões). ( )
d) Esteja sempre despreparado para explicar claramente o Evangelho (o plano de salvação). ( )
e) Fale sempre com pouca clareza acerca da condição para a Salvação: Fé e arrependimento. ( )
f) Conscientize as pessoas de que elas não precisam tomar uma decisão urgente com Cristo. ( )
g) Demonstre sua segurança em Cristo, sua alegria na certeza da vida eterna ( ).
h) Deixe-se vencer pela timidez. Aproveite todas as oportunidades para falar do Salvador ( )

6) Cite atividades realizadas nas aulas de educação física.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
7) Comente a biografia que você pesquisou. Lembre-se para uma resposta completa você deve escrever dados importantes da pessoa e por quê você a escolheu.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
8) Escreva um pequeno texto sobre tudo que você aprendeu e vivenciou nas aulas de educação física neste 1º bimestre e relacione a um princípio bíblico.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
9) Escreva um testemunho de sua vida.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Joca óleo


Joca Óleo



Joca Óleo está sempre visitando as escolas para ensinar às crianças os cuidados que se deve ter com o óleo que as mamães usam para fazer comida. Ele mostra como o despejo incorreto na natureza ou no ralo da pia pode prejudicar o meio ambiente.
Joca Óleo vai à escola de Bia e começa sua palestra:
_ Atenção criançada o Joca Óleo chegou!
Todas as crianças gritavam:
_ Eba!!!
_ Hoje eu vou ensinar para vocês onde podemos levar o óleo usado.
Todas as crianças sentaram para ouvir com atenção a explicação.
_ O óleo deve ser armazenado em potes ou garrafas plásticas e levado para os postos de coleta.
A partir deste dia as crianças começaram a conscientizar seus pais a destinar o óleo usado corretamente, contribuindo assim, para preservação do planeta.


Autoras:
• Fabiana;
• Lívia;
• Sandra;
• Elaine;
• Carla.

O Planeta sujão


Era uma vez um planeta chamado Sujão. Os habitantes pequenos comiam balas e pirulitos e jogavam os papéis no rio.Os habitantes grandes tomavam umas bebidas que os deixavam alterados e jogavam as latas no chão.E o planeta Sujão ficava cada vez mais porcão.
Quando chovia a água invadia as casas e as pessoas saiam apavoradas, sem entender o que estava acontecendo.Foi quando surgiu de repente o SUPER LIMPEZA!
O Super Limpeza ajudou todos os habitantes a limpar o planeta Sujão e assim as águas baixaram, as ruas ficaram limpas e até o cheiro ficou agradável.
Os habitantes ficaram muito felizes e nunca mais jogaram nada nos rios e no chão.
Ah! Hoje o nome do planeta não é mais Sujão...
Agora é PLANETA LIMPEZA!

Reflexão

Isaías 61

1.O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;
O que leva o homem a prisão espiritual são as acusações.
O propósito da acusação é nos derrubar e aprisionar, mas devemos nos lembrar o que diz em Romanos 8:33 "Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica." Glória a Deus, pois Ele nos justifica e nos liberta só precisamos crer!!!!
A acusação nos rouba a alegria de andar com Deus de duas formas: 1ª você pode estar sendo usado para acusar, criticar os outros, e 2º você é uma vítima de acusações, você é sempre acusado de tudo. Porém, a Palavra nos livra de toda acusação, apocalipse 12: 11 e 12: "E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite. E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte."
Enfim, para vencer as acusações é necessário: 1º tomar posse daquilo que Jesus fez na cruz do Calvário; 2º Crer que Jesus está vivo para me dar vida e 3º ser uma testemunha da Palavra.
Livres prosseguimos pelo caminho da verdade e da vida! Em nome do senhor Jesus, amém!

domingo, 22 de maio de 2011

Assalto por Região.

ASSALTANTE BAIANO
Ô meu rei... (pausa)
Isso é um assalto... (longa pausa)
Levanta os braços, mas não se avexe não... (outra pausa)
Se num quiser nem precisa levantar, pra num ficar cansado...
Vai passando a grana, bem devagarinho (pausa pra pausa)
Num repara se o berro está sem bala, mas é pra não ficar muito pesado..
Não esquenta, meu irmãozinho, (pausa)
Vou deixar teus documentos na encruzilhada.


 
ASSALTANTE PERNAMBUCANO
Ô cába safado,
Isso é um assalto víssee,
Passa logo o dínhero víssee,

Seu fii de rapariga,
Bota logo essa bobonica pra cá víssee,
Se não te meto a pechera de
descascar cana no bucho,
fii de rapariga.


ASSALTANTE MINEIRO

Ô sô, prestenção
issé um assarto, uai.
Levantus braço e fica ketin quié mió procê.
Esse trem na minha mão tá chein de bala...
Mió passá logo os trocados que eu num tô bão hoje...
Vai andando, uai! Tá esperando o quê, sô?!



ASSALTANTE CARIOCA

Aí, perdeu, mermão
Seguiiiinnte, bicho
Isso é um assalto
Passa a grana e levanta os braços rapá...
Não fica de caô que eu te passo o cerol...
Vai andando e se olhar pra trás vira presunto



ASSALTANTE PAULISTA

Pô, meu...
Isso é um assalto, meu
Alevanta os braços, meu.
Passa a grana logo, meu
Mais rápido, meu, que eu ainda preciso pegar a bilheteria aberta pra
comprar o ingresso do jogo do Corintian, meu. Pô, se manda, meu



ASSALTANTE GAÚCHO

O gurí, ficas atento
Báh, isso é um assalto
Levanta os braços e te aquieta, tchê !
Não tentes nada e cuidado que esse facão corta uma barbaridade, tchê.
Passa as pilas prá cá ! E te manda a la cria, senão o quarenta e quatro
fala.



ASSALTANTE CEARENSE

Ei Macho, isso é um assalto!
Deixe de marmota, arriba os braços, não se bula nem faça munganga.
Bora logo abestado, me dê logo a céda que eu sei que tu tá estribado.
E num bote boneco não, senão eu papoco uma mãozada no teu

pé-do-ouvido! Arriégua, só isso! Penseeeee num fi-duma-égua liso!
Agora vai, vai, vai timboooora carniça. Pega o beco, pega o beco!  



ASSALTANTE DE BRASíLIA

Querido povo brasileiro, estou aqui no horário nobre da TV para dizer

que no final do mês, aumentaremos as seguintes tarifas: Energia, Água,
Esgoto, Gás, Passagem de Ônibus, Imposto de Renda, Lincenciamento
de Veículos, Seguro Obrigatório, Gasolina, Álcool, IPTU, IPVA, IPI, ICMS, PIS, COFINS... etc, etc

POR QUE EVA COMEU A FRUTA ?

 A VERDADEIRA HISTÓRIA.


 
POR QUE EVA COMEU A FRUTA ?
Não foi assim facinho não!!!
No início, Eva não queria comer a fruta.
- Come - disse a serpente astuta! - e serás como os anjos!
- Não - respondeu Eva. Virando a cara para o lado!
- Terás o conhecimento do Bem e do Mal - insistiu a víbora.
- Cruzou os braços, olhou bem na cara da serpente e respondeu firme: Não!
- Serás imortal.
- Não! Já disse!
- Serás como Deus!
- NÃO, e NÃO! Já disse que NÃO!

Irritadíssima, quase enfiando a fruta goela abaixo, a serpente já estava desesperada e não sabia mais o que fazer para que aquela mulher, de princípios tão rígidos e personalidade tão forte comesse a fruta. Até que teve uma idéia, já que nenhum dos argumentos haviam funcionado...
Ofereceu novamente a fruta e disse com um sorrisinho maroto:
- Come, boba!!! EMAGRECE!!!!

* Foi tiro e queda!!!! *
Autor desconhecido