O Mundo Encantado dos Contos

O Mundo Encantado dos Contos

quarta-feira, 23 de maio de 2012

plano de ação


PLANO DE AÇÃO
2008

INTRODUÇÃO
I – Os objetivos fundamentais da escola são de construir uma sociedade justa e solidária para que estes possam garantir o desenvolvimento social e cultural dos educandos. Há que se considerar que a sociedade brasileira atual, fundamenta-se num modo de produção embasado numa economia globalizada. Isto requer domínio de conhecimento teórico e prático para o desenvolvimento cultural e mesmo econômico de todas as camadas sociais.
Embasados nestes princípios e considerando especialmente os objetivos da escola pública, onde o seu papel primordial é a construção da democracia social, da política e da cidadania, importa definir e planejar ações que conduzam o trabalho educativo para atender as transformações exigidas pela modernidade. Também valorizar a participação de seus segmentos constitutivos, entendendo que o funcionamento da escola exige uma relação ao mesmo tempo objetiva, pela via da definição de ações, como uma relação subjetiva, pela qual os sujeitos, movidos por suas próprias percepções, conferem ao processo de tomada de decisões as suas impressões.
Na possibilidade de organizar o trabalho educativo, nortearemos nosso Plano de Ação, conduzindo nossos alunos a busca: pela justiça, pela igualdade, aos princípios éticos da autonomia, da responsabilidade, da solidariedade e do respeito ao bem comum;
·         dos princípios políticos e dos direitos e deveres da cidadania, do exercício da criatividade e do respeito e deveres da cidadania, do exercício da criticidade e do respeito a ordem democrática;
·         dos princípios estéticos da sensibilidade, da criatividade e da diversidade de manifestações artísticas e culturais;
·         pela valorização do saber, do conhecimento como formas de inserção no mercado de trabalho.
Com relação ao nosso corpo docente definiu-se:
·         buscar formas de enfrentar as dificuldades dos alunos através de ações pedagógicas, para reduzir os índices de evasão escolar e repetência, e para melhoria da qualidade do ensino.
·         buscar formas de enfrentar os problemas dos professores, com palestras constantes, com profissionais especializados no assunto, para melhorar o relacionamento no ambiente de trabalho, para a construção de um ambiente social competente e participativo, condição essencial para o sucesso da escola como um todo.
II Tópicos discutidos – problemas levantados e ações da escola em 2008

1 – Projeto Político Pedagógico
a) Problemas levantados
·         na opinião dos professores, há uma grande dificuldade de tornar o PPP, uma realidade concreta, pelo tempo disponível dos professores e pelo acesso de manuseio do mesmo, sua discussão, a agilização das ações contidas nele e sua prática.
b) As ações definidas:
·         colocar à disposição dos professores cópias do PPP na sala de Hora – Atividade;
·         reuniões dos professores, por disciplina, para leitura e questionamento do mesmo;
·         discutir um tópico de cada vez na hora atividade;
·         elaborar um Cronograma de estudos.
c)Período:
Uma vez por mês para cada disciplina.
d) Responsável: Equipe Pedagógica.
2 – Regimento Escolar
a) Problemas levantados:
Nas discussões observou-se que a autonomia da escola implica necessariamente, na sua dependência com o sistema de ensino, da LDB e do ECA. Por esta razão, não temos problemas de indisciplina na escola. Nesse sentido, a formulação do documento pelos profissionais da escola torna-se nulo, pois ela já vem definida pelo sistema e não podemos colocar nele o que realmente almejamos.
Outro problema é também o tempo disponível dos professores para manuseio e discussão do mesmo.
b) Ações:
Propiciar momentos de leitura e discussão para a aplicação correta do mesmo.
c) Período:
Nas reuniões do coletivo da escola e na hora atividade
d) Responsável: Equipe pedagógica.

3 – Instâncias colegiadas: Grêmio Estudantil/APMF/ Conselho Escolar.
a) Problemas levantados:
·         Ainda há muita dificuldade de integração entre esses órgãos, dificultando assim o trabalho coletivo escola.
b) Ações da escola:
·         Envolver essas entidades em todas as atividades e reunião da escola, para assim desempenhar e assumirem um papel mais participativo na escola;
·         Promover eventos onde cada instância assuma tarefas e atividades definidas;
·         Participação na tomada de decisões em relação à atitudes de alunos.
c) Período: em todas as atividades promovidas pela escola, durante todo o ano letivo, principalmente em datas cívicas.
      d.            Responsáveis: Toda a escola
4) Entidades externas:
a) Problemas levantados: Na discussão entre o grupo não há um comprometimento das entidades com a escola.
b) Ações: promover reuniões com representantes de entidades como: Emater, Secretarias municipais da saúde, Agricultura, Meio ambiente, Banco do Brasil , Cooperativas, Associações comerciais e associações locais, para informação dos projetos e programas da escola, visando a integração com os projetos e programas da escola, visando a integração com os projetos e programas desenvolvidos no município, buscando parcerias com as mesmas.
c) Período: Semestralmente.
      d.            Responsáveis: Direção, Corpo docente e Equipe Pedagógica.
5 – Planejamento Participativo
a) Problemas levantados:
·         Dificuldades de integração e participação e comprometimento das pessoas envolvidas no processo.
b) Ações:
·         Promover mais encontros para trocas de experiências, idéias e mais comprometimento.
c) Período: Semestralmente
d)Responsáveis: Direção, Equipe Pedagógica , APM e Docentes.
6 -Cumprimento do Calendário Escolar em dias letivos e horas aula.
1.      Problemas levantados:
·         Por ser a escola longe de difícil acesso, temos que aproveitar mais o período então acabamos fazendo a hora atividade em outra escola e as vezes não tem o entrosamento e troca de idéias e experiência;
·         Outro problema enfrentado é quando chove muito com isso não tem o transporte dos alunos ficando deficiente o conteúdo passado.
2.      Ações:
·         Elaborar um projeto de reposição dos conteúdos, com atividades extra-classe, possibilitando ao aluno o aproveitamento dos conteúdos e o cumprimento da carga horária;
·         Durante a hora atividade por área preparar os conteúdos em forma de atividades e cobrar do aluno a entrega da mesma para um acompanhamento do professor.
c) Período: Sempre que surgir o problema de chuva.
d) Responsáveis: Direção e Equipe Pedagógica.
7 – Relação Escola – Comunidade
a) Problemas levantados:
·         Dificuldades da comunidade ( pais ) para a locomoção de sua propriedade até a escola, pois sempre o único meio de transporte é o ônibus que transporta os alunos sendo este o único meio de o pai sair de sua localidade.
b) Ações: Dificuldades apresentadas.
·         Falta integração da comunidade ( pais ) para a locomoção de sua propriedade até a escola pois sempre o único meio de transporte é o ônibus que transporta o aluno e o único que existe na maioria das comunidades.
3.      Ações propostas:
·         Promover eventos como: gincanas, dia do pai, dia das mães, encontros com atividades para um aperfeiçoamento de sua atividade ( agrícola ou pecuária ) até porque a escola faz parte de uma comunidade rural.
d) Responsáveis: Toda a escola e comunidade
8 – Programa Paraná alfabetizado
a) Problemas levantados:
·         Comunidade de difícil acesso, possuindo transporte apenas no período matutino, por sobreviverem apenas da agricultura é inviável a participação ou outros períodos que não seja no noturno.
b) Ações propostas:
·         Conscientização em sala de aula com alunos para que eles transmitam aos pais e vizinhos da importância do saber ler e escrever.
c) Período:
Nas campanhas feitas no início do ano onde é feita no país, estado e município..
d) Responsável:
Professores e Equipe Pedagógica.
9 – Proposta Pedagógica Curricular/ Plano de trabalho docente
a) Problemas levantados:
Dificuldades em relação aos professores PSS que não participaram da elaboração da Proposta e Plano de Ação docente, pois não puderam fazer parte da semana pedagógica.
b) Ações:
Estudo dos documentos e interação entre os professores das diversas áreas.
c) Período:
No início do período letivo e durante a hora atividade.
d) Responsável:
Equipe pedagógica e Professores.
10 – Avaliação Escolar
a) Problemas levantados:
Apesar de exaustiva discussão sobre a forma de avaliação ser um processo contínuo, diagnóstico e cumulativo, alguns professores ainda não compreenderam o verdadeiro sentido desta prática. Existe também uma certa resistência de alguns sobre esta forma de avaliação.
b) Ações:
·         Retomar o tema nas reuniões pedagógicas e encontros com professores por área;
·         Supervisionar os livros registro dos professores para observação do cumprimento das normas de avaliação.
c) Período: Durante todo o ano letivo.
d) Responsável: equipe Pedagógica.
11 – Conselho de Classe:
a) Problemas levantados:
·         Dificuldades em colocar em prática o que consta no PPP e no Regimento Escolar sobre os objetivos do Conselho de Classe, pela resistência de alguns professores em aceitar as mudanças sugeridas nos referidos documentos.
b) Ações:
·         Promover os conselhos com mais atenção para que o mesmo possibilite uma reflexão sobre os resultados negativos;
·         Conduzir o Conselho de forma dinâmica para permitir uma tomada de decisões, que na prática resulte na solução dos problemas levantados.
c) Período: Bimestralmente ( pré – conselho e conselhos ).
d) Responsáveis: Equipe Pedagógica, Direção e Professores.
12 – Hora – atividade
a) Problemas levantados:
·         O não cumprimento das horas – atividade por alguns professores.
b) Ações:
·         Oferecer aos professores um local próprio e confortável para a hora – atividade;
·         Com a organização da hora – atividade em dias pré – estabelecidos para cada área, permitirá aos professores a oportunidade de discutir e planejar suas atividades e a troca de experiências entre as áreas..
c) Período: Durante todo o ano letivo.
d) responsáveis: todo o corpo docente.
13 – Recuperação de estudos
a) Problemas levantados:
·         Dificuldades de alguns professores em entender o processo;
·         Alunos que faltam muito em dias de avaliação;
·         Alunos que se negam em fazer a recuperação.
b) Ações:
·         Sugerir aos professores que troquem experiência na hora – atividade, para esclarecer pontos obscuros;
·         Convocar os pais dos alunos faltosos e informá-los sobre os problemas;
·         Desenvolver um trabalho de acompanhamento permanente desses alunos.
c) Período: Durante todo o ano letivo.
d) Responsáveis; Equipe Pedagógica e Professores.

14 – Sala de Apoio
OBS: Não possuímos em nossa escola sala de apoio.
É feito um trabalho individualmente do aluno com trabalho diferenciado com o intuito de sanar essa dificuldade até mesmo por que a escola longe do município e pouco aluno na escola isso torna – se impossível a abertura de turma.
15 – Registro e acompanhamento de alunos incluídos
Obs: A escola não possui
16 – Reuniões pedagógicas / Semanas Pedagógicas
a) Problemas levantados:
·         A impossibilidade da participação dos professores PSS na semana pedagógica;
·         Os textos ( temas ) enviados pelo NRE para estudo na semana pedagógica, ocupa a maior parte do tempo disponível, restando pouco tempo para discussão de problemas e projetos da escola para o ano letivo, incluindo o Plano de Ação.
b) Ações:
·         Repasse de informações e orientações para os novos professores sobre as práticas pedagógicas ( planejamento, livro didático, Plano de Ação e outros );
·         Nas reuniões pedagógicas repensar as atividades e atitudes em sala de aula ( metodologia );
·         Avaliação dos projetos realizados.
c) Período: Na semana pedagógica e durante o ano letivo.
d) Responsáveis: Direção, Equipe Pedagógica e professores.
17 – Enfrentamento à evasão
a) Problemas levantados:
·         Famílias desestruturadas por vários problemas: pobreza, alcoolismo, abandono dos filhos, uso de drogas.
b) Ações:
·         Buscar parcerias com a Ação Social do município e Conselho Tutelar;
·         encaminhar esses alunos aos projetos sociais do município.
c) Período: Todo o ano letivo.
d) Responsáveis: Equipe Pedagógica
18 – Jornadas Pedagógicas
a) Problemas levantados:
·         Na maioria das vezes as jornadas pedagógicas iniciam no meio do ano e as vezes não se coloca em prática o que foi proposto devido a falta de tempo.
b) Sugestões: Que a equipe do NRE propicie troca de experiências entre os pedagogos nas jornadas pedagógicas.
c) Período: Em todos os encontros.
19 – Grupo de Estudos
a) Problemas levantados:
·         Os professores questionam a dificuldade de permanecer no grupo, pois mesmo que a falta seja com atestado perdem o direito de continuar.
b) Sugestões:
·         Flexibilidade quanto à freqüência com atestado ou justificativa plausível;
·         Textos mais específicos para cada disciplina.
20 – Simpósios/ Encontros/ Cursos
a) Problemas levantados:
·         Falta dos mesmos para professores e pedagogos;
·         Disponibilidade para a participação no calendário escolar.
Sugestões: Que sejam programados encontros ou cursos onde possam participar juntamente todo o coletivo escolar ( por município )
·         21 – PDE / GTR.
Obs.: a escola não possui
22 – Produção de material ( folhas / OAC)
Obs: até o presente momento não há nenhum professor envolvido na produção do folhas.
23 -PROJETOS ESPECÍFICOS DA ESCOLA
Os projetos da escola serão desenvolvidos durante o ano sem problemas por todos os professores envolvendo todos os alunos, e comunidade e ainda Paralelamente , será desenvolvido um Projeto Permanente de Palestras, durante todo o ano letivo, com os seguintes temas: Sexualidade, Enfrentamento à Violência na escola, Saúde, Uso de Drogas, Tabagismo, Alcoolismo, Gravidez na Adolescência, Educação Ambiental, Cidadania e Cultura – Afro brasileira e Africana. As palestras serão dadas por profissionais habilitados para cada tema.
1º Bimestre
Continuação do projeto de leitura, onde uma vez por semana em dias alternados todos os professores independente de disciplina, param e fazem a leitura com o material disponível na biblioteca ou próprio do professor.
Temas:Dia Internacional da Mulher, Dia da Poesia, Dia Mundial da Água, Dia do Teatro, Páscoa, Dia do Índio, Tiradentes, Descobrimento do Brasil.
Responsáveis: Equipe de professores e alunos.
Coordenação: Pedagogo e Direção.
2. Projeto Permanente de Palestras.
Temas: Sexualidade, Gravidez na Adolescência.
Coordenação: Equipe Pedagógica e Direção.
2º Bimestre
1.Projeto Datas Comemorativas
Temas: Dia do Trabalho, Dia das Mães, Dia Mundial do Meio Ambiente, Festas Juninas e
Outros.
Responsáveis: Equipe de professores, alunos e equipe pedagógica.
2. Projeto Permanente de Palestras:
Temas: Sexualidade na adolescência, Alcoolismo e Tabagismo.
Coordenação: Direção e equipe Pedagógica.
3º Bimestre
1 – Projeto Datas Comemorativas:
Temas: Dia do estudante, Semana do Folclore, Semana da Pátria, Semana Mundial da Alimentação e Agricultura, Dia da Árvore, e Mês da Bíblia.
Responsáveis: Equipes de professores e alunos.
4º Bimestre
1 – Datas Comemorativas:
Temas: Semana da Criança, Dia do professor, Dia Nacional do Livro, Dia da Programação da República, Dia da Bandeira, Dia da Consciência, Negra, Dia Mundial de Luta contra a AIDS.
Responsáveis: Equipe de professores e alunos.
2 – Projeto Permanente de Palestras
Temas: AIDS, discriminação e Preconceitos.
Coordenação: Direção e equipe pedagógica.
24 – Programas Institucionais da SEED: FERA/Consciência/ Jocops/ CELEM
Obs: Nossa escola participa somente do Projeto Fera.
25 – Educação no Campo.
Obs: Este tema faz parte dos projetos deste Colégio, através de palestras e atividades desenvolvidas por meio de parcerias com entidades do município.
26 – Desafios Educacionais contemporâneos: educação ambiental, sexualidade, enfrentado a violência nas escolas, prevenção ao uso indevido de drogas, educação fiscal, história e Cultura Afro – brasileira e Africana.
Obs: Estes temas fazem parte do Plano de Ação da escola e são trabalhados no decorrer do ano letivo, através de palestras com profissionais habilitados para cada tema e através de atividades desenvolvidas pelos professores com todos os alunos.
27 – Materiais e ambientes didático – pedagógicos: Laboratório de ciências e informática / TV Paulo Freire, TV Pendrive, acervo da biblioteca, Livro Didático Público.
·         Laboratório de Ciências: funciona precariamente por falta de reposição de materiais e laboratorista;
·         Laboratório de Informática: dificuldade em acessar o Paraná Digital e falta de laboratorista;
·         TV Paulo Freire: se encontra permanente ligada para acesso dos professores em hora-atividade e é um excelente recurso de apoio didático pedagógico;
·         TV Pendrive: Em aguardo;
·         Livro Didático Público: Não estão vindo o suficiente, as solicitações das escolas não são atendidas.
28 – Recursos financeiros: Fundo rotativo / PDE
Problemas levantados:
·         Verba insuficiente para custeio de material permanente;
·         Data do recebimento da verba inviável para execução em tempo.
Sugestões:
·         Abertura para compra de materiais de qualquer espécie conforme necessidade da escola.
Período: Primeiro Semestre.
Aparecida Sirlei Coimbra de Franca
Diretor

Maria Angelina Flores da Rocha
Secretária

Cecília Vogivoda Walter
Equipe Pedagógica

2 comentários:

  1. Gostei desse instrumento de avaliação, gostaria de saber qual foi a dinamica utilizada com ele. Também estou atuando como coordenadora em Arraias-To, e gostaria de compartilhar experiencias, pois sou novata e sei que tenho muito a aprender!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá colega!Esse plano de ação eu consegui na net e achei muito legal compartilhar no blog.Ele pode ser trabalhado em início de ano na elaboração do projeto político pedagógico.Ele nos dá uma ideia de metas e ações que podem ser desenvolvidas na escola.

    ResponderExcluir