Viajando No Mundo dos Contos de Fada

Viajando No Mundo dos Contos de Fada

terça-feira, 28 de março de 2017

Cuidar e Humanizar o Espaço Físico da Escola

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
PRAÇA 29 DE DEZEMBRO, 57






TEMÁTICA BIMESTRAL
Cuidar e Humanizar o Espaço Físico da Escola
Direito de usar, Dever de Preservar”

   Cortês,abril de 2017


SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
PRAÇA 29 DE DEZEMBRO, 57




TEMÁTICA BIMESTRAL

Cuidar e Humanizar o Espaço Físico da Escola
“Direito de usar, Dever de Preservar”


           Elaboração : Valdinere Alves dos Santos




  

Vamos preservar a escola, ela é uma extensão da nossa casa, devemos cuidar bem dela, a escola fica mais bonita quando damos a carinho a ela.


Secretária de Educação : Maria Rozivânia do Nascimento






Cuidar e Humanizar o Espaço Físico da Escola
Direito de usar, dever de preservar”
JUSTIFICATIVA
            O espaço escolar tem sofrido há algum tempo, atos de vandalismos e depredação. A irresponsabilidade com o patrimônio público escolar, é grande e atinge a todos,  desta forma optamos por desenvolver algumas ações que minimizem os problemas com a falta de cuidados com o patrimônio, informando aos alunos que desde a construção até o mantimento do Patrimônio Público Escolar, ocorre com o pagamento de impostos de todos os cidadãos, sendo assim a Escola e sua conservação é compromisso de todos, e esta inteiramente ligada à educação familiar e escolar.

OBJETIVO GERAL
Promover a conscientização de toda comunidade escolar, quanto a valorização, conservação e preservação da Unidade Escolar, bem como da comunidade em geral.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
·                   Incentivar os alunos e comunidade a preservação do patrimônio público escolar, conscientizando-os acerca dos benefícios que terão com esta atitude.
·                   Desenvolver momentos de reflexão sobre a responsabilidade de conservação do Patrimônio Público;
·                   Incentivar a conservação de todos os materiais da escola: carteiras, cadeiras, portas, ventiladores, copos, pratos, colheres e materiais da biblioteca.
·                   Reconhecer o espaço em que se vive e perceber-se como parte dele, compreendendo que o lugar determina aspectos importantes da vida.
·                   Adotar uma atitude responsável em relação às questões ambientais na escola e ou na comunidade.
·                   Mobilizar a comunidade escolar a manter a integralidade física e cultural da escola, levando os integrantes a legitimar seu papel na comunidade.

AÇÕES PREVISTAS

Reunião com professores e gestores, elencando e organizando ações para o desenvolvimento do projeto junto aos alunos;Reunião com comunidade escolar buscando parcerias, ronda escolar, conselho de escola, conselho tutelar, gestores;  Reunião de sensibilização dos pais e vizinhos da escola; Ações junto aos alunos ( sensibilização e mudança de postura);
AÇÕES DESENVOLVIDAS COM ALUNOS
Levar o aluno a:     
·        Sensibilização no pátio:
·        Preserve o meio ambiente e sua escola.
·        Vídeos ,músicas ,jogar lixo no lixo ,
·        Deixar as carteiras e materiais organizados
·         Manter carteiras, chão e paredes limpas
·        Preservar os trabalhos expostos pelos colegas.
·        Separar o lixo que pode ser reciclado.
·        Confeccionar faixas e cartazes alusivos à campanha de limpeza.
·        Revitalizar o espaço público ;
·        Patrulha no recreio: lixo no lixo
PARCEIROS DA ESCOLA :
·        Secretaria Municipal de Educação e Cultura e Desporto
·        Secretaria Municipal de Saúde
·        Secretaria Municipal do Meio Ambiente
·        Secretaria de Transporte e Obras
METODOLOGIA :

PLANO DE AÇÃO: Conversa informal sobre a conservação dos materiais escolares e dos Patrimônios Públicos Escolares. “Por que e para quê preservar”?
·        - Leitura de texto informativo: “Patrimônio Público – um bem de todos.”
·        - Levantar questões orais relacionadas ao texto em estudo.
·        - Apresentação de três vídeos constantes para que os alunos possam refletir sobre a importância de zelar pelo patrimônio público escolar e dos materiais escolares.
VIDEO: “Vandalismos nas Escolas”.
VIDEO: “Escola Limpa”.
VIDEO: “Boas maneiras” (Turma da Mônica).

Nomear semanalmente ou mensalmente monitores de sala e do recreio para “fiscalizar”, conversar e ajudar os colegas e não deixar vasilhas espalhadas aos arredores da escola, não sujar paredes, não quebrar materiais e plantas da escola.
ATIVIDADES EM SALA DE AULA:
·        Leitura de textos informativos;       
·        Lista de ações para melhoria do espaço escolar;
·        Confecção de faixas educativas sobre a preservação do ambiente escolar;
·        Rimas com palavras relacionadas com a limpeza;
·        Poesias, redações, textos e músicas; paródias
·        Reprodução de temas de linguagemescrita para o visual;
·        Frases de conscientização;Campanhas de material de limpeza;
·        Campanhas educativas e preventivas
FRUSTRAÇÕES: “A ESCOLA QUE VOCÊ QUER TER”
·        Confecção de cartazes com o tema:
·        Conservação do Patrimônio Público Escolar”.
·       Durante a sensibilização, faremos questionamentos sobre o bom uso dos espaços coletivos, formas de preservar, e desenvolvimento de atitudes positivas com pessoas que frequentam nossa escola .
AVALIAÇÃO
A temática em si deverá ter continuidade ao longo do ano. O que se espera é uma mudança de postura, na conservação do patrimônio escolar bem como boas práticas ambientais, diminuição da quantidade de lixo nos recreios, atos de vandalismos. Espera-se ainda que essa mudança envolva ações de toda comunidade escolar.
Após a execução das atividades de limpeza e conservação da escola todos os participantes se avaliarão numa reunião coletiva. A avaliação dos alunos será medida pela mudança comportamental dos mesmos.Onde:- as serventes observarão as salas após cada período e pontuarão as mesmas de acordo com o grau de limpeza e organização; observaremos a reação dos alunos da sala na distribuição das tarefas.


REFERÊNCIAS


LEITE, Lilian Ianke. O que você sabe sobre a história de sua escola? In: PARANA.Secretaria de Estado da Educação. Professor PDE e os desafios da escola publica paranaense– produção didática-pedagógica, v. 2, cadernos PDE, Curitiba, 2007.

RIBEIRO, André Luiz. História e memória das instituições educativas. In: PARANA. Secretaria de Estado da Educação. Professor PDE e os desafios da escola publica paranaense, v. 1, cadernos PDE, Curitiba, 2008.

Escola é

... o lugar que se faz amigos.
Não se trata só de prédios, salas, quadros,
Programas, horários, conceitos...Escola é sobretudo, gente
Gente que trabalha, que estuda
Que alegra, se conhece, se estima.
O Diretor é gente,
O coordenador é gente,
O professor é gente,
O aluno é gente,
Cada funcionário é gente.
E a escola será cada vez melhor
Na medida em que cada um se comporte
Como colega, amigo, irmão.
Nada de “ilha cercada de gente por todos os lados”
Nada de conviver com as pessoas e depois,
Descobrir que não tem amizade a ninguém.
Nada de ser como tijolo que forma a parede, Indiferente, frio, só.
Importante na escola não é só estudar, não é só trabalhar,
É também criar laços de amizade,
É criar ambiente de camaradagem,
É conviver, é se “amarrar nela”!
Ora é lógico...
Numa escola assim vai ser fácil!
Estudar, trabalhar, crescer,
Fazer amigos, educar-se, ser feliz.

É por aqui que podemos começar a melhorar o mundo.
(Paulo Freire)
a)Sobre o que fala o poema?
b) Como uma escola pode ser cada vezmelhor? A escola que temos e a escola que queremos
c) Explique a frase:"Escola é conviver, é se amarrar nela."
d) O que é importante na escola para Paulo Freire?
e)  E para você como profissional que está se formando?
e) O que Paulo Freire quis dizer neste verso do poema” 
nada de ser como o tijolo que forma a parede, indiferente, frio, só.”
f) Em sua opinião, por que a escola pode ser um espaço de começar a melhorar o mundo?
g) Que verso é cada linha do poema.
h)O poema "A Escola" só tem uma estrofe e não tem rima ao final dos versos.
i)Conhecer o grande educador brasileiro Paulo Freire.
j)Desenvolver o espírito crítico.
k)Analisar e compara pontos de vista diferentes.
Duração das atividades
50 min
Estratégias e recursos da aula
• Texto com o poema de Paulo Freire.
• Folha de papel pardo, cola, tinta, hidrocor.

• Alunos em grupo (5 grupos de 5 alunos), no caso de 25 alunos por turma.
Atividade 1
A professora distribui o texto com a poesia “A Escola” de Paulo Freire.Ela pede que os alunos prestem atenção ao vídeo que vai passar com a poesia. Num segundo momento, ela pede que os alunos leiam juntos com o vídeo o poema. A professora exibe o vídeo novamente.
Atividade 2
A professora explica que este poema é de um grande educador brasileiro chamado Paulo Freire que lutou por uma escola inclusiva, uma escola para todos. Ele amava a escola e acreditava nela como um lugar com ambiente alegre para se aprender, fazer amigos e se educar.
Atividade 3
Colar a poesia no caderno.
A professora pede para o aluno fazer uma bolinha com lápis vermelho ao lado de cada verso da poesia e depois contá-los para saber quantos versos a poesia, “A Escola” de Paulo Freire, tem. Depois, fazer uma bolinha azul na estrofe para o aluno perceber que esta poesia só tem uma estrofe, e 26 versos (cada linha da poesia).OBS: É importante que o aluno perceba que nem todo poema tem rimas ao final de cada verso, mas é necessário que ele tenha ritmo. Por isso que é interessante não só ver o vídeo, mas também ler a poesia em voz alta.
Atividade 4
A professora entrega para cada grupo uma folha de papel pardo e pede que eles desenhem o que eles mais gostam na escola e o que eles menos gostam. O que precisaria mudar e o que é tão bom que não deveria mudar.
Atividade 5
Cada grupo apresenta seu trabalho expondo os pontos negativos e positivos. É importante que a professora estimule a fala de todos os componentes do grupo, pois há sempre os mais desinibidos que gostam de se expor impedindo as colocações e apartes dos mais tímidos. Após a apresentação deve haver um grande debate sobre os pontos comuns e divergentes, observando as contradições e o que foi comum a todos ou quase todos.
Atividade 6
Cada aluno receberá uma ficha onde expressará individualmente seu entendimento sobre o poema e um confronto de ideias sobre a escola de Paulo Freire e a escola em que o aluno estuda.



                          


Nenhum comentário:

Postar um comentário