Viajando No Mundo dos Contos de Fada

Viajando No Mundo dos Contos de Fada

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Caçar Ursinho

Caçar Ursinho

Os jogadores devem estar distribuídos a vontade pelo espaço, sentados de frente para o animador. Todos devem repetir tudo o que o animador fizer ou disser:

 Vamos caçar ursinho?
 Vamos!
 Então vamos... (bater com as mãos em cima da perna, imitando o som de caminhada)
 Olha!
 Um lago!
 Vamos atravessar?
 Vamos.
 Então vamos... (com os braços, fazer os gestos de quem está nadando, depois continuar a caminhada)
 Uma ponte!!!
 Temos que passar por ela!
 Vamos?
 Então vamos... (bater com a mão fechado no peito imitando a caminhada sobre a ponte, voltar a caminhar).
 Ufa!
 Passamos!
 Era grande!
 Enorme!
 Fiquei cansado! (caminhada)
 Um milharal!
 Temos que passar por ele!
 Vamos?
 Então vamos... (esfregar uma mão na outra, imitando o som de quem está passando pelo milharal).
 Ufa!!!
 Passamos.
 Fiquei todo arranhado.
 Cheio de coceira... (fazer o gesto de se coçar) (caminhada)
 Nossa!
 Que árvore alta! (olhar para o alto)
 Temos que subir nela!
 Vamos? Então vamos... (subir uma mão após a outra como se estivesse subindo por uma corda).
 Ihhh!!!
 To vendo uma luz lá embaixo...
 Eu acho que é a casa do ursinho...
 Vamos até lá?
 Então vamos...
 Bem devagarinho...
 Abaixadinhos...
 Xiii!!!
 To ficando com medo!!! (gestos)
 Mas eu tenho coragem!
 Vamos continuar?
 Então vamos... (caminhada)
 Ihhh!!!
 To vendo uma coisa brilhando...
 Eu acho que são os olhos do ursinho... (apontar para os olhos)
 Nossa!!!
 Que cabeça enorme! (gesto redondo)
 Que orelhas grandes... (apalpar até as orelhas)
 Que narigão!!! (apalpar até o nariz)
 Que bigodes enormes...
 Que dente duro... (bater com a unha no seu dente)
 Eu acho que isso aqui não é o ursinho...
 Mas tem cheiro de ursinho... (tapando o nariz)
 Ai, que medo!
 To assustado!
 Isto aqui, é a mãe do ursinho!!!
 Vamos voltar...
 Correndo! ( volta toda a história rapidamente, de trás para frente como se estivesse fazendo uma viagem, fazendo os gestos até chegar ao ponto de origem.


Com essa história, podemos trabalhar a imaginação de nossos alunos e a capacidade de enfrentar e superar os desafios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário