Viajando No Mundo dos Contos de Fada

Viajando No Mundo dos Contos de Fada

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Textos trabalhados nas avalições externas

Leia o texto abaixo.
O mito do Homem-aranha
Criado por Stan Lee, o Homem-aranha foi a primeira história em quadrinhos a mostrar
um super-herói como um homem comum.
Peter Parker é um estudante americano de 19 anos que, após ser picado por uma
aranha dentro de um laboratório adquire superpoderes.
Apesar de enfrentar batalhas de tirar o fôlego contra os mais estranhos inimigos e de
poder escalar paredes e arranha-céus com o vigor e a agilidade de uma aranha, Peter às
vezes se comporta como qualquer mortal: pega resfriados, esquece os encontros marcados
com a namorada e é incapaz de encontrar suas próprias meias.
Adaptado de: http://www.geocities.com/~esabio/aranha/homemaranha.htm

Segundo o texto, Peter Parker adquiriu superpoderes quando
(A) pegou um resfriado ao participar de uma experiência científica.
(B) foi picado por uma aranha dentro de um laboratório.
(C) bebeu uma porção mágica em um laboratório.
(D) fugiu de um planeta distante e veio para a Terra.

Pau-de-sebo
Nas festas juninas do interior do Brasil, é muito comum a brincadeira do pau-desebo.
Quem já brincou, diz que é muito divertido.
Bem cedo, no dia da festa, ergue-se o pau-de-sebo. Sua altura, às vezes, passa
dos cinco metros. Ele é cuidadosamente preparado, tirando-se todos os nódulos que
possam existir. O ideal é lixá-lo, para que fique bem liso e, depois, revesti-lo com sebo
de boi derretido. No topo, coloca-se um triângulo de madeira e, nele, amarra-se
dinheiro e brindes.
Durante a festa, os participantes iniciam uma disputa para subir no pau-de-sebo
até o topo e ganhar os brindes e o dinheiro que puderem alcançar.
Adaptado de: http://www.mingaudigital.com.br/article.php3?id_article=281

QUESTÃO
A palavra “cuidadosamente” destacada no texto remete à ideia de
(A) modo.
(B) tempo.
(C) negação.
(D) lugar.

Leia o texto abaixo.
A árvore do dinheiro
Um dia de manhã, vendo-se apertado com a falta de dinheiro, Pedro Malasartes
arranjou, com uma velha, um bocado de cera e algumas moedas de vintém, e caminhou por
uma estrada afora. Chegando ao pé de uma árvore, parou e pôs-se a pregar os vinténs à
folhagem, com a cera que levava.
Não demorou muito a aparecer na estrada um boiadeiro; e como o sol, já então levantado,
fosse derretendo a cera e fazendo cair as moedas, Malasartes apanhava-as avidamente.
O boiadeiro, curioso, perguntou-lhe o que fazia, e o espertalhão explicou que as frutas
daquela árvore eram moedas legítimas, e que ele as estava colhendo.
O homem mostrou desejos de ficar com a árvore encantada e, engambelado por
Malasartes, acabou trocando-a pelos boizinhos. Depois Malasartes pôs-se ao fresco, levando os
bichos, e o boiadeiro ficou a arrecadar os vinténs que tombavam. Os vinténs acabaram-se logo,
e o triste compreendeu que havia sido enganado.
Fonte: AMARAL, Amadeu. A árvore do dinheiro. In: Ciência Hoje das Crianças, Rio de Janeiro, ano 6, n. 34, dez.1993.

No texto, o personagem Pedro Malasartes é caracterizado como aquele que é o
(A) curioso.
(B) intrometido.
(C) esperto.
(D) indiscreto.

Leia o texto e responda à questão 58.
Balãozinho de São João
Venha cá, meu balãozinho.
Diga aonde você vai.

Eu estou me enfeitando,
vou pra mata, logo mais.

Ai, ai, ai, não faça isso!
E o fogo que estou vendo?
Fique quieto! Não vá!
Vai ser grande o sofrimento.
Se cair em nossas matas,
Uma tragédia vai ser.
A mata vai pegar fogo.
Passarinhos vão morrer.

Já estou arrependido.
Quanto mal faz um balão.
Ficarei bem quietinho,
amarrado num cordão.
Adaptado de http://www.poesiasefrases.com.br/Topico/festas-juninas
Leia a tirinha da Mônica e do Cebolinha e responda à questão a seguir.

 (Prova Rio, adaptada)
O fato que deixou a Mônica irritada foi uma característica de Cebolinha que é considerada
positiva. Essa característica pode ser descrita pelo adjetivo:
(A) romântico.
(B) atencioso.
(C) pontual.
(D) atento.


 (Projeto Conseguir 2010)
O trecho “Se cair em nossas matas”,
dá a ideia de
(A) afirmação.
(B) negação.
(C) tempo.
(D) condição

Nenhum comentário:

Postar um comentário