Viajando No Mundo dos Contos de Fada

Viajando No Mundo dos Contos de Fada

domingo, 23 de abril de 2017

Tecnologia e Trabalho:Roteiro de Maio

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
PRAÇA 29 DE DEZEMBRO, 57
 


                                      Educação de Jovens
e Adultos
Tecnologia e Trabalho







Secretária de Educação:Maria Rozivânia do Nascimento
Coordenação :Valdinere Alves dos Santos

Cortês , Maio 2017

 
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
PRAÇA 29 DE DEZEMBRO, 57

TEMÁTICA BIMESTRAL

Cuidar e Humanizar o Espaço Físico da Escola
Direito de usar, Dever de Preservar”


Tecnologia e Trabalho :

Estamos vivendo uma Terceira Revolução Tecnológica que tem provocado transformações nos processos de produção industrial, agrícola, de serviço, assim como nas sociedades e no mercado de trabalho. As novas necessidades econômicas e sociais exigem um novo ser humano e um novo ser profissional, educando e formando por um novo sistema educacional. 

Uma educação que forme indivíduos capazes de enfrentar e compreender a realidade, indivíduos capazes de aprender a aprender, todos os dias. Há algum tempo vemos a introdução das tecnologias no mundo do trabalho. Aos poucos, as tecnologias vão tomando o lugar de milhares de trabalhadores em linhas de montagem, caixas bancárias e também nos portos de todo mundo.


Questionamentos:

Perceber os diferentes significados do trabalho, tendo em conta as condições objetiva-se subjetivas onde ele se realiza.  Se é um trabalhador assalariado ou um trabalhador por conta própria?

·         Destacar os tipos profissões
·         Tecnologia : Mão de obra
·         As profissões bem remuneradas
·         As profissões mal remuneradas

Lista de algumas profissões

·         Pião de rodeio - Professor  -  Médico - Enfermeiro
·         Carteiro  -   Motorista – Padeiro - Dentista  - Bombeiro
·         Soldado – Costureira - Cozinheiro -Cabeleireiro,
·         Músico -  Policial –garçom- mecânico –astronauta -

As profissões podem ser caracterizadas  etc;



 SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CULTURA E DESPORTO
PRAÇA 29 DE DEZEMBRO Nº 57
DEPARTAMENTO DE ENSINO
ROTEIRO DE ATIVIDADES
MAIO
ATIVIDADES
01/05
Dia do Trabalho: Conversar com os alunosmostrando a necessidade de se estudar para se ter um bom trabalho, enfatizando a importância de cada profissional e de cada profissão. Utilizar gravuras, imagens, elaborar cartazes ou músicas que falem das profissões adequando a realidade de cada turma. O Dia do Trabalho é comemorado em quase todo o mundo. No dia 1º de maio, os trabalhadores e seus representantes se reúnem para comemorar a data escolhida para lembrar a prisão, morte e violência com que a polícia atacou centenas de trabalhadores na cidade de Chicago, Estados Unidos em 1º de maio de 1886.
SUGESTÃO: Discuta a questão do trabalho infantil com seus alunos.
Questione-os a respeito do que acham ser o correto: trabalhar ou estudar?
Pergunte aos alunos se eles conhecem alguma criança que trabalha. Se ela estuda ou somente trabalha.
Trabalhar o sentido de utilidade das profissões e satisfação pessoal no trabalho, como valor.
12/05


Dia do (a) Enfermeiro (a): Conversar com as crianças sobre o profissão de Enfermeiro (a) e o qual a função de do mesmo. Perguntar se elas conhecem algum profissional da área.(Trabalhar,pintura,grafismo,imagens,etc.)
13/05
Dia da Abolição da Escravatura: Explicar para as crianças o que foi a Abolição da Escravatura de maneira lúdica de acordo com a realidade da turma, fazendo uso de gravuras, imagens, cartazes ,contação da história,etc.
O Brasil foi o país que mais recebeu escravos: cerca de 5 milhões. Discutir este tema com profundidade em sala de aula é fundamental para o entendimento de nosso país. É preciso refletir, debater, ver, ouvir e sobretudo sentir para que o conteúdo seja compreendido pelos estudantes. 
14/05
Dia das Mães: Trabalhar poemas, música, dramatização, homenagens, cartazes, gravuras etc.
Durante a semana vamos estar trabalhando essa data tão especial, embora o dia das mães seja todos os dias, não podemos deixar de frisar isso para os pequeninos. Não esquecendo também de valorizar aquelas mulheres que de alguma forma toma esse lugar tão especial na vida de muitas pessoas, as que não tiveram a oportunidade de serem criadas por sua mãe genética, mas que veem nessa pessoa tão especial uma verdadeira" mãe”. Mãe é aquela que ama, da carinho, cuida, respeita e está em todos os momentos presente na vida de cada um.
Trabalhar a palavra mãe em letras grandes para os alunos decorarem com pinturas, colagens e etc.
16/05

Dia do Gari: Conversar com as criança sobre o profissão de Gari e o qual a função do mesmo.Perguntar se elas conhecem algum profissional da área.(Trabalhar,pintura,grafismo,imagens,etc.)
18/05
Dia do Combate ao Abuso Sexual Contra Crianças e Adolescentes : Por que 18 de maio? Neste dia, em 1973, uma menina de 8 anos, de Vitória (ES), foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada. Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado e os seus agressores nunca foram punidos.Com a repercussão do caso, e forte mobilização do movimento em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, 18 de maio foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Desde então, esse se tornou o dia para que a população brasileira se una e se manifeste contra esse tipo de violência.
25/05

Dia do Trabalhador Rural: Propor uma pesquisa sobre a vida de um Trabalhador Rural; Promover um debate sobre essa pesquisa; Confecção de um mural sobre as atividades que ele desenvolve diariamente.
25/05

Dia do Vigilante: Conversar com as crianças sobre a profissão de vigilante e o qual a função do mesmo. Perguntar se elas conhecem algum profissional da área. (Trabalhar,pintura, grafismo, imagens,etc.)
26/05
Dia do Bombeiro : Reconhecer a importância desses profissionais  .Os trabalhos prestados variam muito, podendo ser da extinção do fogo até salvamentos e resgates de pessoas e animais. As principais causas onde se pedem socorro a essa corporação são:  asfixia, afogamentos, quedas e traumas que proporcionem perigo à vida, acidentes de trânsito com pessoas feridas, tentativas de suicídio, salvamento em matas e florestas, dentre outros casos.Ser bombeiro é uma profissão muito bonita, pois estes profissionais são verdadeiros heróis, que arriscam suas vidas em prol da vida dos outros.


  
A IMPORTÂNCIA DAS PROFISSÕES PARA NOSSA SOCIEDADE.

JUSTIFICATIVA :


A escolha de um plano de vida é um processo que acontece desde criança. Não deveria ser feito de repente. Depende muito do que queremos fazer com a nossa vida e quais os valores que vamos vivenciar e defender.

Quando a gente é criança sonha ser herói, jogador, ator, modelo, general, presidente, etc. É a fase da fantasia, do pensamento mágico.Geralmente, quando se fala em futura profissão, as pessoas pensam logo em dinheiro, status, prestígio.

É extremamente importante ressaltar que o trabalho não é apenas uma ocupação do ser humano para afugentar o ócio. Trabalhar não é somente sentir-se útil, mas é a possibilidade de exercer as diversas dimensões do ser humano, como cultura e sonho.

O trabalho expressa a própria dignidade do ser humano e garanti a sobrevivência. Todos nós, educadores, devemos refletir e participar juntamente com nosso aluno e com a comunidade na busca de alternativas de apoio e de alento para aqueles que perderam seus postos de trabalho, e a escola tem um papel fundamental.

OBJETIVOS

Colaborar e concretizar e se responsabilizar tanto na teoria como na prática, para que algo de novo aconteça. Muitas vezes, isolamos nosso aluno, deixamos de orientá-lo corretamente e até o ignoramos, com a certeza de que esse não é nosso papel. Todos nós somos responsáveis, temos um papel fundamental na formação profissional do nossoalunos.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Informar aos alunos sobre as diversas profissões;
Conhecer, refletir e agir sobre a realidade que hoje vivemos, e que vivem nossos alunos e suas famílias;
Trabalhar de forma interdisciplinar, procurando oferecer aos alunos, esclarecimentos, rico em informações verdadeiras e adotando medidas que possamos contribuir para o verdadeiro crescimento de nosso aluno. Conhecer e valorizar os diversos tipos de profissões.

SUGESTÕES DE ATIVIDADES
- PORTUGUÊS E ARTE:

·         Criação e interpretação de textos;Cartazes, dramatizações, painéis, murais, faixas, etc.
·         Pesquisas, debates, entrevistas;Banco de dados sobre os empregos que estão sendo oferecidos na Comunidade.


 MATEMÁTICA, GEOGRAFIA, HISTÓRIA:

·         Gráficos informativos sobre o desemprego no Brasil;
·         Países e estados do Brasil que oferecem mais empregos;
·         Proporção de desempregados do Brasil em relação a outros países;
·         Problemas envolvendo Salário Mínimo;
·         Diferença de salários do Brasil em relação a outros países;
·         FGTS- seu significado e qual o valor deste benefício para o empregado?
·         Debate: Por que em nosso País, a pessoa com mais de 40 anos de idade, geralmente tem dificuldades de encontrar empregos?
·         A que você atribui a afirmativa: "O Brasil tem cerca de 12 milhões de desempregados?
·         O que é Seguro Desemprego?
·         O que é Licença Gestação e Licença Paternidade?
·         Pesquisas: Profissões que rendem mais. Profissionais bem sucedidos e que não destaque.
·         Levantamento de dados sobre os tipos de profissões existentes na comunidade:
·         Existe diferença entre Vocação e Escolha Profissional? Em que valores se baseiam as escolhas profissionais?
·         O que você é e o que você quer ser no seu futuro?Qual a preocupação atualmente: ganhar dinheiro ou ter uma profissão que gostamos e que ganhamos pouco?Como poderíamos ajudar as pessoas que perderam seu emprego ou que estão a procura de um trabalho

CIÊNCIAS:

·         Profissões que prejudicam a saúde;
·         Que tipo de assistência médica as empresas ou deveriam oferecem aos seus empregados?
·         Instrumentos proteção que devem ser usados na execução de atividades;
·         Profissões que oferecem risco à saúde: mental, física, etc.
·         Higiene do local de trabalho;
·         Regras de Segurança no Trabalho;
·         Prevenção de Acidentes.

Desenvolvimento do projeto:
A criação de murais historia das profissões, textos, jogos, ilustrações ,trabalho coletivo de recorte e colagem sobre as profissões.
Materiais utilizados:
Livros, revistas para pesquisas e internet  folha de cartolina, lápis de cor, etc
Conteúdo: profissões e sua importância para nossa sociedade.
Avaliação: participação coletiva e individual de cada aluno pelas atividades desenvolvidas
Referência Bibliográfica:
·         Martins fontes, São Paulo, 1988.
·         Ferreiro, Emilia e TeberosKY, Ana.  Psicogênese da língua escrita.
·         Ed. Artmed, Porto Alegre, 1999.
·         Brasil. Ministério da Educação e do Disposta. Secretaria de Educação Fundamental.


Mulher Rendeira

Olê muié rendeira
Olê muié rendá
Tu me ensina a fazê renda
Que eu te ensino a namorá.

Olê muié rendeira Olê muié rendá
Chorou por mim não fica
Soluçou vai pro borná.

As moças de Vila Bela
São pobres mas tem ação
Passam o dia na janela
Namorando Lampião.
O rifle de Lampião
Tem cinco laços de fita
Lampião só para em casa
Onde tem muié bonita.

Minha mãe me dá dinheiro
Prá comprar um cinturão
Pra vivê de cartucheira
No bando de lampião
O Ceará ta de luto
Pernambuco de sofrimento
Alagoas de porta aberta
Lampião xaxando dentro.

Olê muié rendeira
Olê muié rendá
Tu me ensina a fazê renda
Que eu te ensino a namorá. 



1ª Etapa: Apresentação da Música.
  1. Dança coletiva da música em forma de samba.
  2. Acompanhe a apresentação do aspecto histórico da canção feita pela professora. Faça registros dos pontos importantes.
2ª Etapa: Agora responda as questões a seguir:
  1. A rendeira é uma personagem nordestina. O que faz uma rendeira? Em quais peças podemos visualizar sua arte?
  2. Na Bahia encontramos rendeiras em Dias D´Ávila, Saubara, Xique-Xique, Ilhas de Maré, dentre outros lugares. Por que esta atividade está cada vez mais rara?
  3. Qual o perfil das mulheres rendeiras?
  4. Por que, normalmente, estas mulheres rendeiras se organizam em Associações?
  5. Quais são os tipos de renda? Explicite.
  6. Você conhece alguma rendeira  ou já ouvi falar sobre a mesma? Já adquiriu ou teve acesso a alguma produção? Porque as rendas são consideradas tradicionais?
  7. Nos últimos Jogos Olímpicos – Rio 2016, ocorrido no Brasil, as Ganhadeiras de Itapuã, retrataram as rendeiras da Bahia com uma belíssima apresentação, provocando emoções no público. Qual a importância da visibilidade dada a esta atividade artesanal?
  8. Vamos cantar a música em forma de samba? Que tal colocar o corpo para mexer?!
  9. Reescreva os versos da canção numa linguagem padrão, atentando para as questões regionalistas.




NOME_____________________________________DATA____________
                          TEXTO: QUEM TRABALHA TEM DIREITOS! 
LURDES É EMPREGADA DOMÉSTICA. ELA É REGISTRADA, ISTO É, TEM CARTEIRA DE TRABALHO ASSINADA. POR ISSO, O SALÁRIO DELA NUNCA É MENOR DO QUE O MÍNIMO. ALÉM DISSO, TEM GARANTIDO UM DIA DE DESCANSO POR SEMANA, TRINTA DIAS DE FÉRIAS POR ANO E DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO AO FINAL DE CADA ANO.
QUANDO A FILHA DELA NASCEU, LURDES FICOU DE LICENÇA EM CASA, CUIDANDO DA MENINA E RECEBENDO SALÁRIO. NESSA ÉPOCA, ELA RECEBEU DA PREVIDÊNCIA SOCIAL UM AUXÍLIO-NATALIDADE, QUE AJUDOU NAS DESPESAS COM O NENÊ.NO FIM DESTE ANO, ELA VAI APROVEITAR AS FÉRIAS PARA VISITAR A FAMÍLIA NA BAHIA. PARA ISSO, ELA GUARDOU UM POUCO DO DÉCIMO TERCEIRO DO ANO PASSADO, QUE VAI JUNTAR COM O DESTE ANO, PARA PAGAR A VIAGEM.
RESPONDA
1.       VOCÊ SABE ONDE SE TIRA A CARTEIRA DE TRABALHO? ONDE?
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2.       VOCÊ SABE QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS GARANTIDOS POR LEI QUE O TRABALHADOR TEM DIREITO?
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3.       QUAL SUA PROFISSÃO?
_____________________________________________________________________
______________________________________________________________________
4.       VOCÊ POSSUI CARTEIRA ASSINADA?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

5.       FAÇA UMA LISTA DE PROFISSÕES (CARTEIRA ASSINADA)




História do Dia do Trabalho

O Dia do Trabalho é comemorado em 1º de maio. No Brasil e em vários países do mundo é um feriado nacional, dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios. A História do Dia do Trabalho remonta o ano de 1886 na industrializada cidade de Chicago (Estados Unidos).No dia 1º de maio deste ano, milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de trabalho de treze para oito horas diárias. Neste mesmo dia ocorreu nos Estados Unidos uma grande greve geral dos trabalhadores.

Dois dias após os acontecimentos, um conflito envolvendo policiais e trabalhadores provocou a morte de alguns manifestantes. Este fato gerou revoltasnos trabalhadores, provocando outros enfrentamentos com policiais. No dia 4 de maio, num conflito de rua, manifestantes atiraram uma bomba nos policiais, provocando a morte de sete deles. Foi o estopim para que os policiais começassem a atirar no grupo de manifestantes. O resultado foi a morte de doze protestantes e dezenas de pessoas feridas.Foram dias marcantes na história da luta dos trabalhadores por melhores condições de trabalho. Para homenagear aqueles que morreram nos conflitos, a Segunda Internacional
Socialista, ocorrida na capital francesa em 20 de junho de 1889, criou o Dia Mundial do Trabalho, que seria comemorado em 1º de maio de cada ano.
Aqui no Brasil existem relatos de que a data é comemorada desde o ano de 1895. Porém, foi somente em setembro de 1925 que esta data tornou-se oficial, após a criação de um decreto do então presidente Artur Bernardes.Fatos importantes relacionados ao 1º de maio no Brasil: Em 1º de maio de 1940, o presidente
Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo. Este deveria suprir as necessidades básicas de uma família (moradia, alimentação, saúde, vestuário, educação e lazer)Em 1º de maio de 1941 foi criada a Justiça do Trabalho, destinada a resolver questões judiciais relacionadas, especificamente, as relações de trabalho e aos direitos dos trabalhadores
A Globalização e o Mercado de Trabalho
Rosemary de Rossy
Estamos na era da globalização, da informação e de novas tecnologias. A globalização, que é o conjunto das transformações de ordem econômica, política e social, vem ocorrendo no mundo todo nas últimas décadas. Ela está centralizada na integração dos mercados, e os países acabam abrindo-se ao comércio e ao capital internacional.O processo de globalização vem acompanhado de uma intensa mudança tecnológica, e as informações estão ao alcance de todos os povos através de computadores (internet), telefone, celulares, TV digital, fazendo com que haja uma homogeneização cultural entre os países.
Com a globalização, ocorreram profundas mudanças e o conhecimento se expandiu. Nos últimos tempos, saímos de uma economia baseada em indústrias e entramos numa economia baseada em informações.A quantidade de informações disponíveis através dos meios de comunicações é muito grande, mas é necessário saber selecionar onde devemos investir nosso tempo, visando o nosso crescimento profissional e intelectual.Diante desta nova realidade, cada vez mais os clientes exigem produtos e serviços rápidos, aliados à qualidade e preços competitivos, e as empresas buscam adequar-se para se tornarem mais competitivas. Por isso, investem em novas tecnologias e mudanças nos processos de trabalhos até hoje utilizados, e assim, o profissional se torna o sujeito e o objeto da mudança e precisa se esforçar para melhorar o desempenho e a qualidade do trabalho realizado, sem se descuidar da produtividade.
Toda essa mudança ocasionada pela globalização acaba exigindo novas adaptações também dos colaboradores, parceiros e fornecedores das empresas. Esta busca pela melhoria contínua visa o fortalecimento da empresa e os profissionais precisam atender a estas exigências, procurando obter maior produtividade em um menor espaço de tempo e com menor custo. É a necessidade de constante aprendizado e crescimento profissional.O profissional apto a atender às exigências e às transformações pelas quais passam as empresas detém melhores chances de sucesso. 


PROFISSÕES
Para garantir sua sobrevivência, o homem sempre precisou trabalhar, seja de foram remunerada ou não. Assim as relações de trabalho foram modificando ao longo da história. Na Idade Média, época que se caracterizou pela economia ruralizada, enfraquecimento comercial e sistema de produção feudal, as relações de trabalho eram baseadas no trabalho servil, onde o vassalo era obrigado a manter fidelidade ao senhor feudal.
Como essa situação tornou-se insustentável, cada vez mais os servos procuravam, através de lutas, tornarem-se livres para procurar o melhor meio de sustento. A partir daí formam-se em determinados pontos pequenas unidades artesanais, constituindo cidades, valorizando novamente o comércio que agora cresce além dos mares. Neste período predominavam as profissões de sapateiro, artesões, alfaiates e comerciantes em pequenos mercados. 

Entre os séculos XVI e XVII começam a ocorrer os grandes descobrimentos científicos e técnicos, facilitando a instalação do capitalista de produção. Com a Revolução Industrial o sistema capitalista se fortificou e as relações de trabalho modificaram-se por completo, houve o aumento significativo da produção material e do rendimento do trabalho, sendo que este sistema é o que impera na maioria dos países até hoje. Toda profissão tem seu valor e para que você possa escolher bem qual será a sua, oferecemos a você informação sobre algumas delas. 
Profissão é um trabalho ou atividade especializada dentro da sociedade, geralmente exercida por um profissional. Algumas atividades requerem estudos extensivos e a masterização de um dado conhecimento, tais como advocaciabiomedicina ou engenharia, por exemplo. Outras dependem de habilidades práticas e requerem apenas formação básica (ensino fundamental ou médio), como as profissões de faxineiro, ajudante, jardineiro.
Algumas precisam de uma licença especial. Por exemplo, um engenheiro só pode ser responsável por uma obra se tiver o registro no Conselho Regional de Engenharia. Um motorista só estará apto a desenvolver sua profissão caso esteja habilitado pelo DETRAN na modalidade de veículo correspondente. Outro curso que vem ganhando destaque entre os jovens é a comunicação social. Para saber mais dos cursos que estão em alta veja a lista com os cursos mais procurados pelos estudantes:
1º Medicina
2º Engenharia
3º Direito
4º Administração
5º Ciências Biológicas
6º Comunicação Social
7º Enfermagem
8º Letras
9º Educação Física
10º Pedagogia



DIA DA ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA

PROPOSTAS DE CONTEÚDOS:
·       Apresentar a Lei 10.639 em cordel
·       Provérbios africanos /Produção de textos/Leitura e interpretação de textos/Poemas músicas;
·       Análise /releitura de obras  e biografia de artistas, autores e cantores negros; Produção de poesias / paródias;
·       Leitura e produção de textos narrativos sobre preconceito racial; Leitura de imagens: várias realidades vivenciadas por negros.
·       Usar charges para analisar criticamente fatos de discriminação e racismos
·       A formação do povo brasileiro
·       História da colonização do Brasil dos povos africanos
·       Os costumes deixados pelos negros empregados na nossa Os povos africanos os quilombos / A origem dos escravos / A luta pela liberdade / Zumbi dos Palmares / Os movimentos abolicionistas /A lei áurea
·       Personagens ilustres negros;
·       O racismo/ preconceito racial/O processo de abolição;
·       Apresentação de figuras ilustres negras e mestiças da história brasileira passada e atual.
·       Discriminação;
·       Construção de painéis informativos

ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA
Introdução

Na época em que os portugueses começaram a colonização do Brasil, não existia mão-de-obra para a realização de trabalhos manuais. Diante disso, eles procuraram usar o trabalho dos índios nas lavouras; entretanto, esta escravidão não pôde ser levada adiante, pois os religiosos se colocaram em defesa dos índios condenando sua escravidão. Assim, os portugueses passaram a fazer o mesmo que os demais europeus daquela época. Eles foram à busca de negros na África para submetê-los ao trabalho escravo em sua colônia. Deu-se, assim, a entrada dos escravos no Brasil. Processo de abolição da escravatura no Brasil
Os negros, trazidos do continente Africano, eram transportados dentro dos porões dos navios negreiros. Devido as péssimas condições deste meio de transporte, muitos deles morriam durante a viagem. Após o desembarque eles eram comprados por fazendeiros e senhores de engenho, que os tratavam de forma cruel e desumana. Apesar desta prática ser considerada “normal” do ponto de vista da maioria, havia aqueles que eram contra este tipo de abuso. Estes eram os abolicionistas (grupo formado por literatos, religiosos, políticos e pessoas do povo); contudo, esta prática permaneceu por quase 300 anos.
O principal fator que manteve a escravidão por um longo período foi o econômico. A economia do país contava somente com o trabalho escravo para realizar as tarefas da roça e outras tão pesados quanto estas. As providências para a libertação dos escravos deveriam ser tomadas lentamente.A partir de 1870, a região Sul do Brasil passou a empregar assalariados brasileiros e imigrantes estrangeiros; no Norte, as usinas substituíram os primitivos engenhos, fato que permitiu a utilização de um número menor de escravos.
Já nas principais cidades, era grande o desejo do surgimento de indústrias.Visando não causar prejuízo aos proprietários, o governo, pressionado pela Inglaterra, foi alcançando seus objetivos aos poucos. O primeiro passo foi dado em 1850, com a extinção do tráfico negreiro.
Vinte anos mais tarde, foi declarada a Lei do Ventre-Livre (de 28 de setembro de 1871). Esta lei tornava livre os filhos de escravos que nascessem a partir de sua promulgação.Em 1885, foi aprovada a lei Saraiva-Cotegipe ou dos Sexagenários que beneficiava os negros de mais de 65 anos.Foi em 13 de maio de 1888, através da Lei Áurea, que liberdade total finalmente foi alcançada pelos negros no Brasil. Esta lei, assinada pela Princesa Isabel, abolia de vez a escravidão no Brasil.
Tanto os indígenas quanto os escravos africanos foram elementos essenciais para a formação não somente da população, mas também da cultura brasileira. A diversidade étnica verificada no Brasil decorre do processo de miscigenação entre colonos europeus (portugueses), indígenas e africanos. A cultura brasileira, por sua vez, apresenta fortes traços tanto da cultura indígena quanto da cultura africana.
Desde a culinária, onde se verificam o vatapá, o caruru e chegando até a língua portuguesa, é impossível não perceber a influência da cultura dos povos que foram escravizados no Brasil.A origem da feijoada brasileira tem sido alvo de controvérsias, alguns afirmam que, ao contrário do que é amplamente difundido, não tem origem entre os escravos, mas em um prato português. Nesse aspecto, entretanto, é importante ressaltar que partes dos porcos utilizados no preparo da feijoada não eram usados pelos escravocratas, o que reforça a tese de que, como em outros espaços da cultura brasileira, houve uma reelaboração a partir do que os negros dispunham para sua alimentação



Nenhum comentário:

Postar um comentário