Viajando No Mundo dos Contos de Fada

Viajando No Mundo dos Contos de Fada

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Reciclagem e Coleta Seletiva do Lixo -

Reciclagem e Coleta Seletiva do Lixo - Desenvolvimento Sustentável

Um dos grandes desafios para aqueles que vivem em cidades, sejam elas grandes centros urbanos ou cidades de menor porte, é saber como garantir a qualidade de vida de seus moradores. O gerenciamento integrado do lixo é dever do Estado e direito do cidadão, que deve participar desse processo ativamente, modificando inclusive seus hábitos com relação à produção e ao destino dado ao lixo em sua casa, escola, locais de trabalho e lazer. A reciclagem trata o lixo como matéria-prima a ser reaproveitada para fazer novos produtos. Para que isso ocorra é necessária a Coleta Seletiva dos materiais que são identificados, separados e limpos. A reciclagem de materiais por meio da Coleta Seletiva contribui para aumentar a vida útil dos aterros sanitários além de estimular o envolvimento da população na resolução do problema do lixo.

O Lixo da Escola



Caracterização

Objetivos
  • coletar informações sobre o lixo na escola e organizá-las em tabelas e gráficos;
  • valorizar as pequenas ações que possibilitem interferir na produção de lixo e, consequentemente, na relação do homem com a natureza;
  • implantar a coleta seletiva na escola.
Áreas Envolvidas: Matemática, Língua Portuguesa, Arte e Geografia.
Estratégia de Trabalho: os alunos poderão ser divididos em grupos, e cada grupo ficará responsável de fazer o levantamento de informações com um setor da escola.
Papel do Professor
  • desencadear todo o trabalho, acompanhar os grupos nas suas diferentes etapas, orientando-os para o levantamento das informações, organização e análise, oferecendo fonte para consulta;
  • organizar o registro do trabalho pedagógico.
Papel dos Alunos: estarem estimulados a realizar todas as atividades propostas, analisando as informações coletadas e propondo soluções para os problemas de lixo na escola.
Material: informações coletadas pelos alunos.
Duração Mínima: 5 aulas.

Organização

Este projeto poderá ser desenvolvido por alunos de 5a. e ou 6a. série.
O trabalho consiste em se colocar em discussão que cuidar do lixo deve ser responsabilidade de todos e que o seu tratamento adequado deve começar por pequenas ações. Pode-se fazer levantamentos de informações com alguns setores da escola, como: cantina, sala de aula e secretaria (xerox); analisar esses dados e propor soluções.
O projeto pode ser desencadeado com questões propostas pelo professor para a discussão:
  • De quem é a responsabilidade pela redução e pelo tratamento do lixo?
  • De que formas os alunos podem contribuir para a questão do lixo e da reciclagem?
  • É significativa a quantidade de lixo produzida diariamente na escola?
1. Lixo produzido pela cantina
No caso da cantina, os alunos poderão obter algumas informações do tipo:
  • Que tipos de embalagens são as mais vendidas na cantina; exemplos: sacos de salgadinhos, balas, chocolates etc.
  • Embalagens de refrigerantes: latas ou copos descartáveis; tipos de copo: plástico ou papelão.
  • Qual a quantidade consumida de cada um desses alimentos em: uma semana e/ou um mês.
Essas informações poderão ser organizadas em tabelas e gráficos, com problematizações a partir deles:
  • quantidade de lixo gerada pela cantina em um mês ou em um ano letivo;
  • como esse lixo pode ser recolhido e reciclado posteriormente;
  • alternativas para redução desse lixo.
O trabalho deve ser concluído com sugestões de ações pelo grupo.
2.Lixo produzido na hora do recreio
Nesse caso, pode-se fazer um levantamento entre os alunos, na sala de aula, quanto ao tipo de lanches que eles consomem diariamente, se o lanche é trazido de casa ou adquirido na cantina, de que forma esse lanche vem embalado e o que se faz com essas embalagens ao término do recreio. Pode-se organizar um questionário para ser respondido pelos alunos de todas a escola. Os dados do questionário podem ser tabulados, organizados em tabelas e gráficos, gerando análises, discussões e propostas de soluções.
3.Quantidade de papel consumido pela escola
Nesse caso as informações podem ser levantadas na secretaria da escola e no setor de xerox (se houver). Os alunos poderão levantar dados sobre o quanto de papel sulfite a escola gasta por mês (xerox, apostilas, folhas de provas, circulares etc.). Esses dados deverão gerar algumas discussões:
  • O papel é feito de fibras de celulose encontradas em madeiras de árvores como o eucalipto e o pinus. Qual a quantidade de fibras necessárias para se produzir 1 tonelada de papel? Isso equivale a quantos m³ de madeira? Quanto de celulose seria necessária para a produção desse papel? Que análises podem ser feitas com base nos dados coletados? Que ações podem ser geradas, partindo dos alunos, para essa problemática?
  • Esse tema deve gerar a questão dos desmatamentos e da necessidade do reflorestamento.
  • Pode-se organizar a visita a uma fábrica de papel existente na região para o conhecimento do processo de obtenção da celulose e fabricação do papel, das normas de reflorestamento seguidas pela indústria etc.

Culminância

O trabalho pode culminar com uma plenária, em classe para a discussão dos dados coletados e das conclusões parciais dos grupos. Dessa plenária devem resultar ações dos alunos do tipo:
  • divulgação dos dados do lixo produzido na escola;
  • elaboração de cartazes ou panfletos conscientizando os alunos para ações de redução do lixo;
  • propostas de reciclagem;
  • implantação da coleta seletiva na escola.

Registro do Trabalho Pedagógico

É fundamental que o registro do trabalho seja realizado ao longo do desenvolvimento do projeto. Esse registro deve envolver tanto o trabalho do professor quanto o dos alunos. No caso dos trabalhos dos alunos, pode-se selecionar os melhores cartazes para serem fotografados como forma de registro. Para o registro do trabalho do professor é fundamental que, a cada etapa realizada, sejam anotados os avanços e recuos, as atividades bem sucedidas e as que apresentarem problemas...Enfim, registrar todos os episódios que mais despertaram a atenção e as reflexões produzidas com base nestes.

Integração de Áreas de Conhecimento

Língua Portuguesa:
  • Organização dos questionários.
  • Produção dos panfletos.
Geografia: Discussão sobre o desmatamento.
Arte: Produção de cartazes.
Fonte :Portal cultura Ambiental

Nenhum comentário:

Postar um comentário